Redes Sociais

Cidades

Todos errados: motorista embriagada bate em moto que ‘furou’ sinal vermelho

Condutora se negou a soprar o bafômetro e motociclista teve fratura diagnosticada

Publicado há

em

Divulgação/Ilustrativa

O plantão policial de Rio Preto registrou um acidente de trânsito com vítima nesta quinta-feira (8) que pode se dizer que nenhum dos envolvidos estava certo, já que, de acordo com o boletim de ocorrência, o motociclista não respeitou o farol vermelho e a condutora apresentava sinais claros de embriaguez.

Era por volta de 22h20, quando a Polícia Militar foi acionada à rua Coronel Spínola de Castro, esquina com a Prudente de Moraes, no Centro. No local, ao chegarem, os agentes se depararam já com o motociclista sendo socorrido por uma ambulância do Samu. Identificado com 25 anos, o rapaz não pôde prestar esclarecimentos e teve diagnosticada fratura do fêmur da perna direita, além de escoriações pelo corpo.

Os PMs apuraram que a mulher, 34 anos, seguia com um Ônix prata pela Coronel e que no cruzamento com a Prudente de Moraes, a motocicleta conduzida pela vítima não respeitou o sinal semafórico que estava vermelho e colidiu com o Ônix. A motorista não teve ferimentos, mas apresentava sinais de embriaguez como voz pastosa, odor etílico e olhos avermelhados. Ela se negou a soprar o bafômetro, mas confessou “que estava em um bar”.

A motocicleta foi liberada para o irmão da vítima e o carro para a mulher. A perícia técnica não foi acionada segundo os militares porque o local do acidente não estava preservado. Na delegacia, a motorista concordou em ceder amostra de sangue para exame para posterior exame de dosagem alcoólica, sendo encaminha à UPA Tangará para coleta e liberada em seguida.

O delegado de plantão ainda determinou a expedição de requisição para exame posterior de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) de Rio Preto à vítima, orientada quanto ao prazo de seis meses que tem direito a entrar com processo contra a motorista. O caso foi encaminhado à delegacia correspondente a área dos fatos, onde será investigado.

AS MAIS LIDAS