Redes Sociais

Cidades

Novo interceptor de esgoto vai beneficiar 20 mil pessoas em Rio Preto

Obras estão previstas para iniciar na segunda quinzena de outubro, na região leste de Rio Preto

Publicado há

em

Semae/ arquivo

O superintendente em exercício do Semae, José Roberto Biroli, assinou a ordem de serviço autorizando a empresa Maria Santa Locações e Obras LTDA a iniciar a construção de um novo interceptor de esgoto, na margem direita do córrego da Forquilha/ córrego da Mistura. O interceptor terá uma extensão de 2.2 quilômetros, 400 milímetros de diâmetro e vazão final de 110 l/s.

A obra tem o objetivo de complementar o sistema de coleta e afastamento de esgoto de São José do Rio Preto. O investimento é de R$ 2.649,526,78 e prazo do contrato é de seis meses. A diretora de Planejamento e Obras do Semae, Jaqueline Reis, ressaltou que o novo interceptor visa acompanhar o crescimento populacional do município.

“O interceptor faz parte do macro sistema de esgotamento sanitário de Rio Preto. É uma obra que promove tanto a continuidade e eficiência da coleta e do tratamento de esgoto quanto a segurança ambiental, beneficiando 19 mil pessoas, na região Leste da cidade. Ao instalar a nova tubulação, estamos promovendo um ambiente urbano planejando à medida em que a cidade se expande demograficamente”, declarou a diretora de Planejamento.

A implantação da nova tubulação permite que o esgoto gerado nas regiões de abrangência das bacias dos córregos, que vem apresentando forte expansão ocupacional, possa ser tratado na Estação de Tratamento de Esgoto – ETE Rio Preto. O interceptor estará localizado na área de bacia de contribuição de aproximadamente 461 hectares.

Após estudos, constatou-se a necessidade de suprimir árvores nativas durante a intervenção. A situação é devidamente autorizada pela CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. Por meio de TCRA – Termo de Compromisso de Recuperação Ambiental será feito um plantio para a recomposição ambiental da vegetação.

AS MAIS LIDAS