Redes Sociais

Cidades

Servidora é afastada após flagra de agressão contra criança de 2 anos

Prefeitura de Votuporanga pediu abertura de Processo Administrativo Disciplinar para apurar conduta de professora

Publicado há

em

arquivo pessoal

A Secretaria Municipal de Educação de Votuporanga pediu a abertura de Processo Administrativo Disciplinar para que a Procuradoria Geral e a Corregedoria Geral do Município apurem a conduta de uma servidora de 32 anos que foi flagrada jogando uma criança de 2 anos e 10 meses no chão, dentro de uma creche da cidade.

A mãe do aluno registrou um boletim de ocorrência na última terça-feira (3/10), dia em que a agressão teria ocorrido. De acordo com o registro, a mulher recebeu uma ligação da unidade informando que o filho dela havia caído. Ao busca-lo, ela percebeu que a criança estava com a gengiva inchada. Ela levou o filho na UPA, mas não foi atendida porque o dentista não estava de plantão. No dia seguinte ela retornou e recebeu o atendimento. O profissional constatou a lesão, medicou a criança e a encaminhou para um pediatra.

A mulher compareceu na Secretaria Municipal de Educação e assistiu o vídeo registrado pelo circuito de segurança da creche. As imagens mostram a professora jogando o aluno no chão. A criança machuca a boca, que fica sangrando. A mulher limpa a boca do menino agressivamente.

A pasta informou que já entregou o vídeo para a Polícia Civil, que investiga o caso.

A mãe da vítima informou ainda que esta situação já aconteceu antes, há dois meses. Ela também procurou a polícia.

“Determinei que a apuração ocorra com a maior urgência possível e que toda a assistência seja prestada para a família e a criança. A escola deve ser sempre um ambiente de tranquilidade e acolhimento dos nossos alunos. Todas as ações que vão contra esse princípio devem ser corrigidas e penalizadas severamente”, lamentou o prefeito Jorge Seba.

AS MAIS LIDAS