Redes Sociais

Cidades

Trânsito inicia agendamento de vistorias para mototaxistas

Ação é obrigatória para os profissionais que desejam renovar a autorização de exercício da atividade

Publicado há

em

Divulgação/Ilustrativa

A Secretaria de Trânsito e Transportes de Rio Preto inicia na próxima segunda-feira, dia 6 de novembro, os agendamentos para vistoria anual de veículos que atuam como mototáxi na cidade. A vistoria é obrigatória para renovar a autorização de exercício da atividade.

O agendamento ocorrerá exclusivamente por meio do número de telefone 3213-9660 (Fiscalização de Posturas). O horário de atendimento será das 8h às 12h e das 13h às 16h, apenas em dias úteis – em que há funcionamento regular da secretaria. O prazo para agendamento termina no dia 7 de dezembro.

Após o agendamento, os mototaxistas deverão comparecer à Secretaria com os veículos na avenida Arthur Nonato, 1177, bairro Jardim Santa Catarina, no dia e horário agendados, quando será realizada a vistoria do veículo e dos itens obrigatórios dos transportadores.

Os itens obrigatórios, conforme legislações vigentes, para o exercício da atividade de mototáxi são:

  • Luz baixa; luz alta e lanterna traseira (estando a moto funcionando, a lanterna traseira deve estar ligada conjuntamente com o farol).
  • Retrovisores, ambos os lados, em bom estado.
  • Faixa amarela no comprimento total do para-lamas dianteiro.
  • Capa protetora no tanque, com número do alvará (dísticos pretos e fundo amarelo).
  • Setas dianteiras e setas traseiras.
  • Luz de freio pedal e luz de freio mão.
  • Alças metálicas nas laterais da moto.
  • Terceira alça (podendo ser suporte para bagagem).
  • Protetor contra queimadura no escapamento.
  • Mata-cachorro – inteiriço.
  • Antena aparadora de linha.
  • Placa vermelha.
  • Pneus em bom estado (não podendo ser remold).
  • Faixa refletiva no capacete (não pode cobrir faixas originais e selo do inmetro)
  • Número do alvará no capacete e touca descartável.
  • Colete identificado com número do alvará, dístico “mototáxi”, faixas refletivas e selo do inmetro.

Os veículos utilizados na atividade de Mototáxi bem como seus condutores estão sujeitos a abordagens de fiscalização realizadas pela Secretaria de Trânsito, onde serão analisados os documentos do transportador e as condições do veículo para desempenho da atividade.

AS MAIS LIDAS