Redes Sociais

Cidades

Trabalho promove oficinas gratuitas e seleção em ações de novembro

Serviços sem custo têm objetivo de promover justiça racial em qualificação e no mercado de trabalho

Publicado há

em

Fabrício Spatti/Secretaria de Comunicação

A Secretaria do Trabalho e do Emprego de Rio Preto está com uma programação intensa para o mês de novembro, principalmente pensando em ações que promovem justiça racial no mercado de trabalho.

A maioria das atividades compõem a ação do chamado ‘Novembro Negro’ e têm o apoio do DEPIR – Departamento de Promoção da Igualdade Racial, da Secretaria da Mulher, Pessoa com Deficiência e Igualdade Racial.

“Temos uma preocupação específica com a demanda de promoção de igualdade e pensamos, então, em unir a agenda ordinária a ações que alcancem sobretudo a população negra em Rio Preto”, comenta o secretário do Trabalho, Rodrigo Demécio. “Além de definirmos os serviços ofertados junto com o DEPIR, estamos levando principalmente para regiões socialmente mais vulneráveis, que não coincidentemente também têm maior concentração de pessoas negras”, completa.

Todas as oficinas, os cursos e ações para empregabilidade e acesso ao primeiro emprego são gratuitas. As capacitações exigem inscrição prévia. Já no processo seletivo e no feirão, os munícipes devem comparecer nos locais anunciados com documentos pessoais, comprovante de residência e, se houver, carteira de trabalho.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3211 4950 ou pelo whatsapp 17 99739-8710.

Agenda

Confira, a seguir, a relação de atividades.

1. Artesanato em Taboa – Utilitários e Decorativos
Realização: 6 a 9/11, das 8h às 17h, no CRAS Schmitt
Inscrições: 17 99783-2481

2. Processo seletivo para jovens – Aprendizagem e Estágios
Realização: 8/11, das 9h às 12h, na Secretaria (rua Del. Pinto de Toledo, 3520)
Sem necessidade de inscrição prévia

3. Oficina de Panetone e Chocotone Trufado
Realização: 13/11, das 19h às 21h30, no IFSP (rua Dr. Eduardo Nielsen, 420)
Inscrições: até 8/11, pelo link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScFOPgh2taalpmAzS9sRawctLVfCP_fXGxBnbNZOFS9wZdBjQ/viewform

4. 1º Feirão de Empregabilidade
Realização: 23/11, das 9h30 às 16h, no Centro Social Estoril (Rua Olavo Guimarães Correa, 815)
Empresa pode inscrever oportunidades pelo link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScFz8oPCZSF7KyqQwODl4zirpBdgAYWg1r6Onx30QlG4Jd97A/viewform
Munícipe pode se candidatar pelo link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSc9B4otulxhmuZhsVV7rQq61sOvi9rDDUQSPibl3IwrgI3ufQ/viewform

5. Oficina de Panetone e Chocotone Trufado
Realização: 27/11, das 19h às 21h30, no IFSP (rua Dr. Eduardo Nielsen, 420)
Inscrições: até 23/11, pelo link
https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScuPjPEPSBEqJltAwv6-ncgmADWpQ_zUnzXY9msaSAMQDtbhw/viewform

Mercado de trabalho e desigualdade racial

De acordo o último estudo Síntese de Indicadores Sociais, realizada pelo IBGE, em 2019, a taxa de desocupação, um dos principais indicadores do mercado de trabalho, foi de 13,6% para pretos ou pardos e de 9,3%, para brancos.

Entre as pessoas ocupadas, o percentual de pretos ou pardos em ocupações informais chegou a 47,4%, enquanto entre os trabalhadores brancos foi de 34,5%. Entre as pessoas abaixo das linhas de pobreza, 70% eram de cor preta ou parda. A pobreza afetou mais as mulheres pretas ou pardas: 39,8% dos extremamente pobres e 38,1% dos pobres.

Pretos e pardos representam mais da metade da população brasileira (56,8%) e foram os mais prejudicados pelos efeitos da crise causada pela pandemia de coronavírus.

AS MAIS LIDAS