Redes Sociais

Cidades

Cartão de crédito de idosa morta em março é utilizado para compras em abril

Familiares se assustaram quando receberam fatura com valor alto para pagamento

Publicado há

em

Divulgação/Ilustrativa

Um caso dos chamados ‘peculiares’ foi registrado no plantão policial de Rio Preto nesta quinta-feira (17). De acordo com informações de um boletim de ocorrência, alguém utilizou o cartão de crédito de uma idosa (85 anos) já morta no mês de março deste ano. A família se surpreendeu com a chegada de uma fatura com valores altos.

Na Central de Flagrantes, a filha da aposentada, que tem 51 anos, relatou que “a mãe morreu no último dia 24 de março, mas, ocorre que no dia 9 de maio, familiares dela receberam uma fatura de um cartão de crédito em nome da idosa no valor de R$ 3.010,79 mil, referente a transações realizadas entre os dias 9 e 11 de abril. Os filhos sabem quem usou o cartão e conversaram com duas mulheres que confessaram ter feito as compras. Inclusive, existe um áudio de WhatsApp em que uma delas [30 anos] diz ‘que não irá pagar a fatura porque não dá nada não’ e orienta que rasgue o documento porque ele ‘caduca’. Ainda no áudio, garante que encaminhou à empresa cópia do atestado de óbito da aposentada”.

Inquérito policial foi instaurado e a documentação terminou encaminhada ao distrito policial correspondente a área dos fatos, que vai investigar o caso, qualificado como ‘apropriação indébita’.

AS MAIS LIDAS