Redes Sociais

Cidades

Desentendimento no trânsito se transforma em agressões e lesões

Vítima conseguiu fotografar o agressor e caso vai ser investigado pela Polícia Civil

Publicado há

em

Divulgação/Ilustrativa

Um desentendimento no trânsito evoluiu para briga e lesão corporal nesta sexta-feira (17) em Rio Preto. De acordo com informações do registro policial, os fatos aconteceram por volta de 7h no trevo do km 52 da rodovia BR-153, próximo a um parque aquático.

A vítima, carpinteiro de 60 anos, relatou na Central de Flagrantes que “houve um desentendimento, que evoluiu para injúria e ele mostrou o dedo médio ao agressor. O fato provocou descontrole emocional no desconhecido, que conduziu um Gol preto para cima dele, até que conseguiu fechá-lo e fazê-lo parar. Desceu do carro e o abordou, dizendo ‘para não reagir que iria matá-lo’, desferindo em seguida socos, que atingiram o rosto e provocaram lesões”.

Ele ressalta que “o envolvido era moreno ou pardo, estatura elevada, forte e vestia camiseta que indicava ser uma espécie de agente penitenciário. Antes de ser agredido conseguiu fotografar o agressor e vai apresentar a imagem para colaborar com as investigações”.

O delegado de plantão formalizou a queixa, orientou a vítima quanto ao prazo de seis meses que tem direito a acionar judicialmente o envolvido. Este prazo só passa a contar no instante em que ele for identificado. A documentação terminou encaminhada ao distrito policial correspondente a área dos fatos, onde o caso será investigado.

AS MAIS LIDAS