Redes Sociais

Cidades

Dupla causa confusão e lesiona policial durante fiscalização de trânsito

De acordo com informações do boletim de ocorrência, caso vai ser investigado

Publicado há

em

Divulgação/Ilustrativa

Uma confusão durante fiscalização de trânsito da Polícia Militar marcou o plantão nesta terça-feira (28) em Rio Preto. De acordo com informações do boletim de ocorrência, rapaz ficou furioso após saber que a moto que guiava seria apreendida e outro envolvido parou para filmar a ação dos agentes, passando a caluniá-los. Uma policial feminina, inclusive, ficou lesionada. A dupla acabou apresentada na delegacia.

De acordo com informação dos militares, era perto das 15h, quando pararam uma CG 150 Fan ESI vermelha, pilotada pelo entregador de 22 anos. Como o veículo apresentava falta de pagamento do licenciamento, o envolvido foi questionado se faria o pagamento na mesma data. Como respondeu que “não”, foi informado que a motocicleta seria apreendida, conforme determinam as leis de trânsito.

Neste momento, ele passou a questionar a conduta dos agentes, avançou sobre a moto dizendo que “era dele e que ninguém ficaria com ela. Se ele não ficasse, ninguém mais ficaria”, começando a desmontar os retrovisores. Policiais solicitaram que parasse, mas ele não obedeceu. Foi necessário, então, entrar na frente para afastá-lo. O rapaz recebeu a informação de que a partir daquele momento o veículo ficaria sob a responsabilidade do Estado.

Como o entregador estava extremamente agressivo, foi solicitado apoio de outra equipe policial. Nesse mesmo instante, surgiu o outro envolvido no caso (identificado depois também como entregador, este de 44 anos). Estacionou uma CG 160 Fan preta, sacou o celular e começou a filmar a ação dos militares. A policial começou a montar novamente o retrovisor que havia sido retirado pelo jovem para recolher a moto da forma como foi abordada.

Em meio a gravação, o homem passou a dizer “que iria divulgar o vídeo nas redes sociais” e passou a acusar a policial feminina “de ter quebrado o retrovisor da moto do colega e somente depois de estar sendo filmada resolveu reinstalá-lo”. Essa versão não procede de acordo com os agentes, porque conforme as próprias imagens demonstram, os retrovisores da moto estão íntegros.

A militar prosseguiu a inspeção e ressalta que, além da irregularidade com documentação, os pneus do veículo estavam ‘carecas’ (lisos). Ela questionou o proprietário “se iria trocar os pneus, caso contrário teria que multá-lo, além de apreender o motociclo”. O suspeito então avançou bruscamente sobre ela tentando retirar as chaves do poder da policial, mas conseguiu apenas lesioná-la e quebrar o cabo plástico da chave.

O ‘filmador’ seguiu a conduta ofensiva, ofendendo os PMs, proferindo dizeres como “seus vagabundos”. A equipe de apoio chegou ao local, detendo os envolvidos e os conduzindo até a delegacia algemados. O delegado de plantão entendeu que o caso não era para mantê-los presos, fazendo com que assinassem Termo de Compromisso de comparecimento em juízo, liberando-os em seguida. A policial recebeu requisição para exame de corpo de delito no IML e o caso será investigado.

AS MAIS LIDAS