Redes Sociais

Cidades

Aposentado é enganado por golpista e acaba com grande prejuízo

Estelionatário disse ao telefone que “a vítima tinha pontos acumulados que estavam para expirar”

Publicado há

em

Divulgação/Ilustrativa

Um aposentado de Cedral foi ludibriado por estelionatários, acabou caindo em um golpe e ficou com um prejuízo grande nesta quinta-feira (27). De acordo com informações do boletim de ocorrência, a vítima pensou que estivesse falando com um colaborador do banco em que possui conta e teve quase R$ 18 mil retirados da conta.

Na Central de Flagrantes, a vítima, 67 anos, relatou que “recebeu uma mensagem no celular pelo aplicativo WhatsApp [DDD 011], onde a pessoa falava de uma suposta pontuação no cartão de crédito que, de acordo com o texto, estaria prestes a expirar. Em seguida, recebeu uma ligação do mesmo número, na qual a pessoa de passava por membro da ‘equipe de pontuação’. Disse a ele que poderia trocar os pontos acumulados por milhas de viagem ou receber o valor de R$ 2.064 mil como abatimento na fatura”.

Seguiu o depoimento contando que “achou que se tratava mesmo de funcionários da instituição bancária e optou por receber o desconto na fatura do cartão de crédito. Para isso, o ‘atendente’ solicitou o número do ‘tolken’, que passou normalmente. Depois da ligação, notou dois débitos na conta, nos valores de R$ 14.995 mil e R$ 2.998 mil, totalizando prejuízo de R$ 17.993 mil”.

O aposentado apresentou junto com a queixa, cópia do comprovante das movimentações fraudulentas e foi até a agência bancária na qual possui conta para contestar as transações. Foi orientado a registrar o boletim de ocorrência. O delegado de plantão instaurou inquérito para apurar o caso e orientou a vítima quanto ao prazo de seis meses que tem direito a processar os envolvidos. Este período só passa a valer quando os estelionatários forem identificados.

AS MAIS LIDAS