Redes Sociais

Cidades

Homem é perseguido e preso logo após ato obsceno em frente de escola

Pelo menos duas testemunhas confirmaram que suspeito praticou o crime na presença dos menores de idade

Publicado há

em

Divulgação/Ilustrativa

Um homem de 43 anos foi preso em flagrante nesta sexta-feira (28) no bairro Vila Ercília, em Rio Preto após prática de gestos obscenos em frente a uma escola. De acordo com informações do registro policial, o suspeito foi perseguido pela polícia vestindo apenas uma camiseta. Na delegacia, permaneceu em silêncio, não pagou a fiança e foi mantido encarcerado.

Agentes militares relataram na Central de Flagrantes que era por volta de 15h, quando foram acionados por uma pedagoga da instituição de ensinou, que flagrou o suspeito apoiado na grade, olhando para crianças e adolescentes. Ele vestia apenas uma camiseta e se masturbava naquele momento.

Ao perceber a presença da viatura, o homem saiu correndo e houve perseguição pelas ruas. Até que pulou dentro de um canal de água pluvial apenas de camiseta. Assim que foi detido, confessou o crime aos militares e indicou o local onde estava o restante da roupa, foi recolhida antes de ser conduzido ao plantão.

Algemado, em frente ao delegado usou do direito constitucional e permaneceu em silêncio. Como, pelo menos, duas testemunhas confirmaram o que ele fazia em frente da escola, a autoridade de plantão confirmou a prisão e estabeleceu fiança no valor de R$ 6.560 mil, correspondente a quatro salários mínimos. O valor não foi pago e o suspeito permaneceu preso, à disposição da Justiça.

Com isso, acabou encaminhado para o Centro de Triagem de Presos da Delegacia Seccional de Rio Preto. As testemunhas relataram que todas as crianças que estavam no pátio da escola tinham menos de 14 anos de idade.

AS MAIS LIDAS