Redes Sociais

Cidades

Reeducando entra no CPP com quase 30 cápsulas de drogas no intestino

Suspeito permanece preso e o caso será investigado

Publicado há

em

Divulgação/Pref. Rio Preto/Ilustrativa

Um novo caso de reeducando do CPP com drogas no organismo foi registrado no plantão policial de Rio Preto nesta quarta-feira (19). Chamou atenção, no entanto, de acordo com informações do boletim de ocorrência, a quantidade de porções de entorpecentes expelidas pelo suspeito de 38 anos: 27 (entre cocaína e maconha). O envolvido alegou “que precisava pagar dívidas”.

Agentes penitenciários relataram na Central de Flagrantes que era por volta de 6h, quando receberam denúncia de que um reeducando, ao retornar da ‘saidinha’ na última segunda-feira teria entrado no sistema penitenciário com drogas no intestino e estaria expelindo aos poucos. Desta forma, o suspeito foi levado inspecionado no scanner corporal, tendo constatado que realmente apresentava algo dentro do corpo.

Questionado, o reeducando confessou que “havia engolido cocaína e maconha no domingo passado, entrando no CPP para quitar dívidas”. Ele foi encaminhado ao Hospital de Base, onde efetuou exames e foi medicado, acabando por expelir 27 cápsulas na cor preta, contendo os entorpecentes. O caso será investigado e o suspeito, indiciado por ‘tráfico de drogas’, permanece preso.

AS MAIS LIDAS