Redes Sociais

Cidades

Vítima envia Pix para nome masculino querendo ajudar amiga e cai em golpe

No outro dia, conversou pessoalmente com a mulher e descobriu que ela teve celular invadido por hackers

Publicado há

em

Divulgação/Ilustrativa

Mesmo com uma ‘amiga’ pedindo empréstimo e enviando conta em nome de uma pessoa de sexo masculino, uma rio-pretense de 68 anos enviou dinheiro sem desconfiar de nada e acabou no prejuízo nesta sexta-feira (28). De acordo com informações do boletim de ocorrência, a autônoma, moradora do bairro São Deocleciano, ainda tentou emprestar mais uma quantia para a pessoa que lhe mandou mensagens, mas não conseguiu devido a falta de saldo.

Na Central de Flagrantes, a vítima relatou que “já era de noite [ainda na quinta-feira] quando recebeu uma mensagem de WhatsApp [DDD 017] de uma pessoa que dizia ser amiga dela [informou o nome], porém, havia apenas texto e não áudios. Na mensagem, a suposta amiga pediu um empréstimo de R$ 980 para uma chave Pix de uma pessoa com nome masculino”. Sem questionar, enviou o valor para os golpistas.

Logo em seguida, segundo ela, “a ‘amiga’ pediu mais R$ 2.130 mil, o que não enviou somente porque não tinha este valor. Recebeu como resposta um questionamento se ela não poderia utilizar o limite do cheque especial que tinha para enviar a quantia”. De qualquer forma, esta segunda pedida não foi realizada pela rio-pretense.

Por fim, contou que “nesta sexta foi até a casa da amiga pessoalmente e perguntou se ela havia conseguido o empréstimo, momento em que a amiga avisou ‘que o telefone dela havia sido invadido por golpistas, que estavam aplicando golpes no nome dela’ e que não estava pedindo empréstimos”.

A vítima anexou à queixa um comprovante da movimentação financeira realizada e a documentação acabou encaminhada para o distrito policial correspondente a área dos fatos, onde a Polícia Civil vai investigar o caso.

AS MAIS LIDAS