Redes Sociais

Cidades

Polícia Civil de Bady Bassitt prende homem que estuprou a neta

Policiais cumpriram mandado de prisão na tarde desta terça-feira (2/7)

Publicado há

em

Polícia Civil

Foi preso no fim da tarde desta terça-feira (2/7), o homem de 53 anos que foi flagrado por câmera de celular estuprando a neta de apenas 10 anos de idade, em Bady Bassitt, na região. A ação foi feita pela Polícia Civil local, que cumpriu o mandado de prisão expedido pela Justiça.

Ele foi encontrado no município e levado para a delegacia, onde deve ser encaminhado para algum presídio da região.

ENTENDA

O caso absurdo de estupro de vulnerável foi registrado na noite da última segunda-feira (1º/7), em Bady Bassitt, na região. Um avô de 53 anos foi flagrado estuprando a própria neta, de apenas 10 anos, dentro de casa. A vítima estava dormindo.

Segundo informações da Polícia Militar, na casa moram marido, mulher e as duas filhas – uma de 10 anos e a outra de cinco. O avô mudou-se para a residência há um ano. O pai das crianças estava desconfiado de que algo ruim poderia estar ocorrendo com as filhas porque o sogro estava muito apegado a neta maior, levando-a com ele para todos os lugares.

O homem também chegou a ver o sogro saindo correndo do quarto das meninas quando chegou em casa em horário diferente do habitual. Desta vez, quando foi buscar a mulher na autoescola, ele percebeu que o homem perguntava muito sobre o horário que ele iria.

Desconfiado e preocupado com as filhas, ele deixou a câmera do celular dele ligada e escondeu o aparelho em um lugar estratégico do quarto das crianças. Elas ficaram dormindo.

Quando chegou com a mulher, verificou a filmagem; o vídeo chocou o casal.

Ao ser questionado pelo genro, o agressor negou o estupro. Depois, disse que cometeu o ato porque estava “possuído por um demônio”. Na discussão, ele fugiu da casa com uma mochila.

O casal procurou a Polícia Militar, contou os fatos e mostrou o vídeo. O agressor foi encontrado caminhando pela rodovia Vicinal Luiz Carlos Brandolezzi, que liga Bady Bassitt a Potirendaba. Ele foi revistado pelos policiais e disse que não se lembra do que fez porque estava “endemoniado”. Ainda de acordo com a PM, o homem disse ainda, que tentou explicar os fatos para a filha, mas ela não quis ouvi-lo e o expulsou de casa. Ele recebeu voz de prisão e foi levado para a delegacia da Polícia Civil de Cedral.

Após ser atendida no Pronto Socorro, a mãe da vítima, que passou mal após ver o vídeo dos abusos que a criança sofreu, foi na delegacia acompanhada do marido.

O delegado plantonista de Cedral registrou o boletim de ocorrência de estupro de vulnerável, apreendeu o aparelho celular com o vídeo gravado e o encaminhou para uma perícia.

Na ocasião, todos, inclusive o estuprador, foram ouvidos e liberados.

 

AS MAIS LIDAS