Redes Sociais

Cultura

Rio Preto recebe projeto inédito de fotografia no Calçadão

Evento será neste sábado, dia 10, das 9h às 13h, na Praça Rui Barbosa, e fotógrafos faram retratos gratuitos de moradores que compartilharem suas histórias

Publicado há

em

Em Rio Preto, quem vê o professor Antônio Cícero Ferreira Araújo, de 47 anos, não imagina que ele é conterrâneo dos humoristas Chico Anysio, Renato Aragão e Tom Cavalcante e até do folclórico deputado federal Tiririca (PR-SP). Aos 21 anos, o professor trocou a cidade de Santana do Cariri pela terrinha de São José, umas das principais do Noroeste paulista. “Vim para Rio Preto visitar meu irmão. Este foi o passeio mais longo que já fiz, até hoje não voltei para o Ceará”, brinca ele.

Apaixonado pela literatura de cordel, em especial pelas obras de Patativa do Assaré e pelo bom baião – gênero de música e dança popular da região Nordeste do Brasil – de Luiz Gonzaga do Nascimento (Rei do Baião), o professor confessa que sente saudade do Ceará, mas se considerada “rio-pretense de coração”. Essa é apenas uma das histórias que vão fazer do projeto “Retratos Brasileiros”. Por meio das lentes de conceituados fotógrafos, o projeto viaja pelo Brasil e pelo exterior, desde 2014, em busca de brasileiros e suas histórias de vida. Sábado, dia 10, será a vez de Rio Preto receber o “Retratos Brasileiros”. No Calçadão, entre 9h e 13h, os fotógrafos Tomás Cajueiro e Rogério Padula, estarão na Praça Rui Barbosa para retratar gente que passarem por lá e que queiram contar um pouquinho de sua história.

Quem participar levará gratuitamente a foto impressa como recordação. Após a fase de captação dos retratos, o projeto entra em outra etapa, a seleção de 100 fotos que irão compor a exposição itinerante Retratos Brasileiros e um catálogo. “Teremos a difícil tarefa de selecionar os 100 momentos, que a imagem e a legenda retratam a mesma alma e ainda, que realmente representem o povo brasileiro”, afirma Tomás Cajueiro, fotógrafo e um dos idealizadores do projeto.

Viabilizado com recursos de patrocinadores por meio do Programa de Apoio à Cultura (Proac), o Retratos Brasileiros – SP prevê a produção de 1600 imagens e relatos desses personagens, três exposições e palestras gratuitas sobre fotografia,  com o objetivo de retratar o povo brasileiro e sua diversidade.

O projeto já passou por Registro, Eldorado, Iguape, Ubatuba, Indaiatuba, São Paulo, Valinhos, Campinas, Sorocaba, Salto, Santos, Araçatuba e Presidente Prudente e Ribeirão Preto. No segundo semestre terá três exposições abertas ao público. Para conhecer mais sobre fotógrafos e personagens visite o site www.retratosbrasileiros.com

 

Sobre o projeto

Entre os anos de 2007 e 2010, Tomás Cajueiro (Sete lagoano (MG) de nascimento, mas Valinhense (SP) de criação) graduava-se bacharel em ciências da comunicação pela Universidade para Estrangeiros de Perugia (Itália). Foram anos de estudo sobre questões de linguística e semiótica que impactaram profundamente a relação do fotógrafo com a fotografia. Estudou jornalismo com ênfase em questões relacionadas a aspectos teóricos sobre a formação de identidades e a relação entre o jornalismo e a formação de opinião pública. Ao terminar a graduação transferiu-se para Lagos, Nigéria, com o objetivo de trabalhar como voluntário em uma instituição não governamental. Foi na África que as coisas começaram a mudar e a fotografia de Cajueiro começou a ganhar mais corpo e maturidade. Em Lagos teve a oportunidade de viver – e fotografar – a vida cotidiana da maior metrópole Africana. A experiência aumentou o interesse pelos processos históricos que criam a percepção que um povo tem de si mesmo. De Lagos, Cajueiro partiu para o Reino Unido, onde formou-se mestre em Ciências Politicas pela Universidade de Manchester. Idealizou o Retratos Brasileiro junto a Carlos Rincon para dar uma pequena contribuição ao debate ao redor da pergunta “O que é o brasileiro?”. Desde então se envolveu em diferentes projetos de fotografia autoral.

SERVIÇO:

Retratos Brasileiros em Rio Preto

Data: 10 de junho (sábado)

Horário: das 9h às 13h

Local: Praça Rui Barbosa, Centro 

Continue lendo

AS 10 MAIS LIDAS