Cultura

Núcleo de Pesquisa Cênica vai fomentar a pesquisa artístico-cultural

Em duas das pesquisas propostas, o público vai poder colaborar

O Território Cênico 2020, promovido desde 2016 pela Cia. Cênica, esse ano terá uma vasta programação cultural produzida especialmete para a internet. Ao todo serão 40 atividades gratuitas para todas as idades, envolvendo literatura, teatro, música, dança, fotografia, cultura popular, economia criativa e cultura digital. Em razão do distanciamento social, o Território foi readequado e terá uma edição 100% online. A programação começa na próxima quinta-feira, dia 16, e vai até dia 24 de setembro. 

Nesta edição, o Núcleo de Pesquisa Cênica vai fomentar a pesquisa artístico-cultural. Os integrantes da Cia. Cênica vão desenvolver cinco pesquisas, nas áreas de Dança, Cultura Popular, Literatura, Teatro e Cultura Digital. Em duas dessas pesquisas, o público poderá colaborar. São elas: “Corpo em Crise - Uma Relação entre a Dança e o Tempo” e “Medicina de Quintal”.

Desenvolvida por meio de encontros virtuais com seus participantes-colaboradores, a pesquisa "Corpo em Crise" tem o objetivo de buscar um novo entendimento sobre o corpo e o tempo, e sobre a crise e sobre a morte. Será investigado o tempo como elemento da dança e a pesquisa será desenvolvida a partir de atividades e exercícios de improvisação em dança motivados por leitura de textos, apreciação de vídeo e debates.

Os interessados devem se inscrever até dia 17, clicando aqui. Os encontros virtuais acontecem de 20/7 a 31/8, sempres às segundas-feiras, das 19h30 às 22h. A atividade conta com 25 vagas e será ministrada pela arte-educadora, bailarina, coreógrafa e atriz Andréa Capelli e pela atriz, bailarina, coreógrafa e arte-educadora Cássia Heleno.

Núcleo de Pesquisa Cênica | Pesquisa “Medicina de Quintal”

Com Mariana Gagliardi, formada em agronomia e produtora agroecológica

Já a pesquisa "Medicina de Quintal", com Mariana Gagliardi, formada em agronomia e produtora agroecológica, propõe resgatar, registrar e compartilhar conhecimentos sobre cultivo e uso popular das plantas medicinais. Para isso, serão coletados depoimentos em vídeo sobre como cultivam e usam essas plantas. Também serão disponibilizados vídeos explicativos sobre plantas medicinais e as legislações vigentes. A pesquisa conta com a parceria da produtora cultural Larissa Macena.

As inscrições podem ser feitas até dia 31, clicando aqui.

Por Da Redação em 13/07/2020 22:00