Redes Sociais

Cultura

Festa das Nações do São Judas Tadeu começa nesta quinta-feira (30)

Entre as 13 barracas de diferentes países, a Paraguaia será a novidade deste ano com pratos como arroz carreteiro, panceta frita e porco à paraguaia

Publicado há

em

A tradicional e deliciosa Festa das Nações está de volta com a proposta de promover uma verdadeira viagem gastronômica pela culinária de 13 diferentes países. O evento, que é solidário e terá renda totalmente revertida para o Serviço Social São Judas Tadeu, será realizado nos dias 30, 31 de maio e 1º de junho, em Rio Preto.

A festa ajuda a arrecadar fundos para a instituição que oferece cursos profissionalizantes centenas de jovens. “Este ano voltamos com a mesma quantidade de países, mas com uma novidade, a barraca Paraguaia. Todos nós estamos ansiosos e prontos para viajar neste evento gastronômico que, além de delicioso, é solidário”, comenta o coordenador do evento, Junior Villanova.

A 28ª edição da festa será marcada pela ampliação da grade shows, novos pratos e melhorias no atendimento. Além dos caixas fixos, os frequentadores também contarão com quatro caixas móveis; tudo para garantir a recepção do público com mais conforto. Para se ter uma ideia dessa ampliação, na edição 2023 foram dez caixas na entrada. Este ano serão 20. A Festa das Nações conta com o apoio de 500 voluntários neste ano e são esperadas mais de 22 mil pessoas durante os três dias de evento.

Para este ano, o público poderá conferir apresentações de danças típicas, muita música com uma grade de shows ampliada e diversificada com vários estilos musicais. Na quinta-feira, dia 30/05, sobe ao palco a dupla Rafa e Nando, que trará o melhor do sertanejo; na sequência estão previstas apresentações da banda Pluft, infantil, e da banda Bozó e Amigos, tocando samba.

Já na sexta-feira, dia 31/05, tem Jean Carlo cantando MPB, pop e sertanejo, a dupla sertaneja Tonny e Kleber, Pricila Polotto com MPB, pop e rock, e ainda banda Madre Santo. No sábado, dia 01/06, Debora Defina e banda encerram o evento. Também estão previstos shows de Bran Fernandes e Daniel Dias e banda.

Gastronomia internacional

Quem for à Festa das Nações para provar iguarias de outros países vai se deliciar – o evento reunirá no mesmo espaço o que há de melhor nas cozinhas alemã, portuguesa, americana, árabe, francesa, italiana, japonesa, suíça, argentina, brasileira, chilena, espanhola e a novidade da edição, a barraca paraguaia.

Iniciando a viagem no destino novo deste ano, o Paraguai, a barraca trará o arroz carreteiro (arroz, carne seca, linguiça, bacon, tomate e temperos), Panceta Frita (pirulito de porco) e Porco à Paraguaia (porção individual de 350 gramas de carne de porco com mandioca e vinagrete).

Seguindo a viagem, vamos para a Alemanha. A barraca Alemã vai oferecer comidas típicas do país, como o “Bratwurs “, salsichão assado na brasa com molho especial de mostarda. Também terá o “Frikadeller”,  bolinhos de carne moída bovina e suína deliciosamente temperados e fritos, com molho sour cream. Outras opções são o “Schnitzel”, lombo de porco à milanesa, acompanhado de batatas rústicas fritas e o “Wurstsalad”, duo de salsichas alemãs, acompanhadas de molho currywurst.

Na barraca Francesa, o clássico “Boeuf Bourguignon”, quadradinhos de carne bovina com molho aveludado, champignon, mini cebolas e acompanha arroz e batatas, crepes doces e salgados, o Fricassée de Poulet (Fricassé de frango) e as opções de Croissant, sendo de Chocolate, presunto e queijo ou frango com requeijão.

Para quem não abre mão de passar na barraca Americana, tem a famosa batata em três opções diferentes: batata frita; batata frita no cone e batata recheada. Claro que tem também o clássico Hot Dog e o suculento Hambúrguer.

Já na barraca Árabe, as iguarias ficarão por conta da porção de charuto com folha de uva, a tradicional coalhada seca (acompanha pão sírio), esfiha recheada, quibe frito, pão sírio e porção de Homus.

Para quem quiser se deliciar com a culinária italiana foram selecionadas opções com penne, espaguete, mini pizzas e até polenta cremosa. Entre as massas será possível escolher entre Penne ao molho branco, molho branco especial com bacon e calabresa, ao sugo, ao sugo especial com bacon e calabresa, além de espaguete ao sugo, ao sugo especial com bacon e calabresa ou à bolonhesa, polenta cremosa com molho de frango ou molho de carne moída, mini pizza marguerita e de presunto com muçarela.

Na barraca Portuguesa, pedidas que são sucesso em todas as edições da Festa da Nação são o bolinhos de bacalhau e os pasteis de Belém, feitos com massa folhada.

Aterrissando no Japão, a barraca japonesa oferece pratos muito conhecidos por aqui como Yakisoba,  temakis diversos, combinados de sashimi e sushis, além de pasteis.

Nas terras chilenas, as opções ficam por conta do ceviche e das empanadas.

Na Espanha teremos churros, Paella Marinera (frutos do mar com azeite de oliva e cozidos com arroz de açafrão espanhol e iguarias típicas) e Puchero (tradicional prato espanhol feito com embutidos e cortes nobres de carne suína defumadas, cozida com grãos de bico e legumes)

Na barraca Argentina o bom espeto. Na brasileira, porções de frango frito e torresmo e o clássico da Bahia, o Acarajé.

Pousando no nosso último destino, a Suíça, o público poderá se deliciar com os tradicionais doces, bolos e tortas com muito chocolate.

A organização do evento manteve o valor do ingresso solidário em R$ 5,00 (o público 60+ e crianças até 10 anos não pagam o acesso). Os pratos oferecidos pelas 13 Nações têm variação de preços entre R$ 4,00 e R$ 36,00. O evento solidário começa a partir das 19 horas, no Serviço Social São Judas Tadeu.

Serviço:

Data: 30 e 31 de maio, e 1º de junho

Horário: 19h

Entrada: R$ 5,00 (cinco reais)

Local: Serviço Social São Judas Tadeu – Rua José Bonifácio, 1598

Estacionamento gratuito no Baep (antiga Codasp)

Sugerimos a doação de 1 peça de roupa para o Serviço Social São Judas Tadeu

Transporte gratuito do estacionamento à entrada da Festa

Acesso pela Avenida Lineu de Alcântara Gil (Marginal da BR 153

AS MAIS LIDAS