Redes Sociais

Cultura

Unesp celebra 100 anos de surrealismo com jornada aberta para a comunidade

Evento acontece no dia 27 de maio no campus de Rio Preto

Publicado há

em

Em 2024, completam-se cem anos de publicação de dois textos seminais do movimento surrealista: Uma vaga de sonhos, de Louis Aragon, e o Manifesto surrealista, de André Breton.

Esse centenário inspirou à Professora Flávia Falleiros, do Programa de Pós-graduação em Letras do Ibilce/Unesp, e aos editores Ameli Jannarelli e Alex Januário, das Edições 100/Cabeças, uma atividade de reflexão e debate sobre o surrealismo, realizada em parceria entre a universidade pública e aquela casa editorial.

Para isso, os organizadores reuniram pesquisadores, ensaístas, professores, tradutores, editores, poetas e personalidades atuantes do movimento numa jornada de estudos marcada para o dia 27 de maio, a partir das 9h, no Auditório A do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas da Unesp (campus de São José do Rio Preto).

A Jornada de estudos 1924-2024: 100 anos de surrealismo será realizada em formato híbrido (presencial e remoto), além de contar com transmissão on-line, via Zoom, e é aberta para os alunos da universidade e comunidade em geral.

Serão emitidos certificados de participação, tanto para os ouvintes presenciais, quanto para os virtuais. Em ambos os casos, é necessário preencher o formulário de inscrição e solicitar o caderno com a programação completa da Jornada enviando uma mensagem para: [email protected]

 

A editora Ameli Jannarelli faz parte da comissão organizadora da Jornada

AS MAIS LIDAS