Economia

Fintech de Rio Preto oferece solução para quem quer ficar com as contas em dia no começo do ano

Por meio de totens de autoatendimento, Parça oferece a possibilidade de pagamento parcelado de contas e boletos e uma série de outros serviços

O começo de um novo ano traz junto uma série de contas e despesas a serem quitadas logo nos primeiros meses de 2021. Mas enquanto os impostos aumentam, a renda das famílias brasileiras diminui. Segundo Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC),  66,3% das famílias brasileiras encerram 2020 endividadas. Desse total, 21,9% estão com mais da metade da renda familiar comprometida com o pagamento de contas. 

Enquanto isso, o IPVA para o estado de São Paulo já se aproxima da data de vencimento, já em relação ao IPTU, moradores de São José do Rio Preto se preparam para pagar um valor 4% mais alto do que no ano passado.  E para quem tem crianças em casa, o material escolar é uma outra preocupação. Segundo o Procon-SP, em 2021 os itens solicitados pelas escolas estão 3% mais caros do que no ao passado.

Diante dessa situação crítica de endividamento, a fintech Parça busca oferecer soluções para população ganhar um respiro em relação às contas. A empresa oferece, por meio de totens de autoatendimento, a opção de pagamento parcelado de qualquer conta e boleto, uma forma de auxiliar as pessoas a se reorganizarem em relação às dividas.

“O ano de 2020 deixou para muitas pessoas um saldo negativo e raras são as famílias que conseguiram guardar um pouco de dinheiro. Mas as dívidas não esperam, por isso queremos oferecer a essas pessoas a possibilidade de se reorganizarem financeiramente e estarem em dia com suas contas”, explica Antônio Brizoti Júnior, cofundador da  fintech Parça.

Além do pagamento parcelado, a empresa oferece serviços como recarga de celular, consulta veicular, de CPF e de CNPJ, tudo em apenas um totem e com menos de um minuto para realização. O usuário paga uma taxa de serviço de R$3 por operação realizada. No caso de pagamento parcelado de contas e boletos, também é cobrada a taxa de conveniência determinada conforme o cartão utilizado pelo usuário. 

“Questões que antes você levaria um dia inteiro para resolver, indo em diferentes lugares, gastando tempo e enfrentando filas, hoje são possíveis de resolver na hora do almoço, em uma pausa do seu dia, de modo simples, rápido e sem burocracia”, diz Brizoti.

 Empréstimo Consignado

Aposentados e pensionistas do INSS e servidores Estaduais e Federais podem contar com uma nova operação disponível nos totens Parça, o empréstimo consignado. Após a solicitação do empréstimo no totem, a empresa irá processar a solicitação, caso seja aprovado, o crédito é disponibilizado na conta do usuário em até três dias. As taxas variam de 1,09% a 2,3% ao ano.

“Para muitas pessoas, alternativas para o pagamento das contas não é o suficiente, é preciso mais, entretanto, a burocracia e as altas taxas tornam o processo de solicitação de empréstimo muito complexo. Parça oferece agilidade na disponibilização de crédito, o que contribui com que cada vez mais pessoas possam se reorganizar economicamente”, explica Brizoti.

 Modelo de Franquia

Parça opera no formato de franquia e em menos de um ano de atuação já está presente em 15 estados de todo o país. A empresa aposta em um mercado tecnológico que está em ascensão. Segundo estudo realizado pela empresa de consultoria e pesquisa de tecnologia Technavio, o mercado global de estações de autoatendimento deve movimentar U$ 20 bilhões até o ano que vem. O franqueado Parça é responsável por prestar toda a assistência que o totem exige, como troca da bobina da impressora e higienização. Com investimento inicial de R$94 mil, a franquia tem faturamento médio mensal de R$ 12mil a R$ 18 mil em um prazo de retorno de até 15 meses.

 

 

Por Da Redação em 04/02/2021 18:29