Economia

Feira de Ovinos destaca crescimento do setor no Noroeste Paulista

Realização da primeira edição da FENOVI, de 7 a 12 de dezembro, marca as ações para fomentar a cultura ovina no Noroeste Paulista

Com um agronegócio diversificado, a região de São José do Rio Preto é estratégica para a expansão da produção de ovinos no Brasil. E as primeiras ações para fomentar a cultura ovina se materializam com a realização da FENOVI – Feira Noroeste Paulista de Ovinos, programada para o período de 7 a 12 de dezembro, no Recinto de Exposições “Aberto Bertelli Lucatto”, em Rio Preto.

Organizada pela Associação Noroeste Paulista de Ovinocultores (ANPOVINOS), a FENOVI marca também a retomada dos eventos oficiais da Associação Brasileira dos Criadores de Dorper e White Dorper (ABCDorper) após um período de quase dois anos, em que a pandemia da covid inviabilizou a realização de encontros coletivos presenciais. Entidade que representa os criadores de uma das raças mais importantes da ovinocultura nacional, a ABCDorper promoverá a 14ª Exposição Nacional das Raças Dorper e White Dorper dentro da FENOVI.

Segundo o presidente da ABCDorper, Valdomiro Poliselli Junior, a FENOVI é importante para fomentar a produção de ovinos numa região estratégica em termos de localização e agronegócio. “A feira será a oportunidade de mostrar como a produção de ovinos é um negócio rentável para o produtor rural, inclusive para aquele que tem uma pequena propriedade. Pode ser uma atividade complementar, pois demanda pouco espaço para criação dos animais”, comenta.

De acordo com dados da ABCDorper, há atualmente cerca de 2 mil criadores da raça Dorper e White Dorper no Brasil, sendo que as regiões Sudeste e Nordeste concentram boa parte deles. O estado de São Paulo tem o segundo maior rebanho do País, com aproximadamente 15 mil animais; já a região de Rio Preto concentra 20% do rebanho paulista.

“Estamos falando de uma atividade em expansão, de grande potencial. Por isso, temos grande expectativa em relação à FENOVI e às oportunidades que serão criadas nela”, conta o ovinocultor Eduardo Teixeira, da Fazenda Buriá, de Senhor do Bonfim (BA). Ele participará da feira rio-pretense com cerca de 50 animais.

O presidente da Associação Paulista dos Criadores de Ovinos (ASPACO), Francisco Manoel Fernandes, destaca que Rio Preto conta com boa estrutura, condições geográficas privilegiadas e forte presença da comunidade árabe, grande consumidora da carne de cordeiro. “A região já teve tradição na ovinocultura e ela precisa ser retomada. A feira vai permitir nos aproximarmos mais dos criadores locais e, sobretudo, incentivar novos produtores”, declara.

 

“Teremos condições e ambiente inéditos para apresentar a cultura ovina, que é um segmento rentável e em crescimento dentro do agronegócio”, comenta o presidente da ANPOVINOS, Paulo Vianna. A associação é a realizadora da FENOVI e reúne, atualmente, cerca de 20 produtores na região.

O secretário municipal de Agricultura e Abastecimento de Rio Preto, Pedro Pezzuto, ressalta o interesse do município em fomentar esse setor: “Nosso papel enquanto poder público é garantir aos produtores e demais participantes que organizam o evento as melhores condições para realização de negócios que movimentem a agroeconomia e toda a cadeia que a envolve”.

A FENOVI
São José do Rio Preto se prepara para realização da inédita FENOVI – Feira Noroeste Paulista de Ovinos, evento que vai colocar em destaque as atividades da ovinocultura, da criação ao consumo de carne de ovinos, para toda a região metropolitana, estado de São Paulo e território nacional.  

Realizada pela Associação Noroeste Paulista de Ovinocultores (ANPOVINOS), a FENOVI será no período de 7 a 12 de dezembro, no Recinto de Exposições “Alberto Bertelli Lucatto”. O evento já nasce com autoridade no setor, pois vai abarcar a 14ª Exposição Nacional das Raças Dorper e White Dorper, consolidada no julgamento dessas espécies animais. 

FENOVI será aberta ao público, com entrada e estacionamento gratuitos. A expectativa é que cinco mil pessoas passem pelo Recinto de Exposições diariamente durante a exposição. 

O evento tem a correalização da Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, e apoio da Associação Brasileira dos Criadores de Ovinos (ARCO), da Associação Paulista dos Criadores de Ovinos (ASPACO) e da Associação Brasileira dos Criadores de Dorper e White Dorper (ABCDorper).

Protocolo anti-covid

Visitantes, assim como todos os envolvidos na organização da FENOVI, deverão atentar aos protocolos sanitários contra a covid, permanecendo de máscara facial durante todo o evento, respeitando o distanciamento físico e utilizando álcool em gel para higienização das mãos.

Em cumprimento ao decreto municipal nº 19.051/21, para ter acesso ao Recinto de Exposições, os frequentadores deverão apresentar comprovante de vacinação, físico ou digital por meio do Conecte SUS ou Poupatempo Digital, que pode ser gerado nos aplicativos disponíveis para download em smartphones. A carteira de imunização ainda pode ser acessada pelo site conectesus-paciente.saude.gov.br

 

Por Da Redação em 30/11/2021 14:20