Cesta básica de abril tem alta de 6,38%, aponta pesquisa

Pesquisa do Procon-SP aponta que dos 39 produtos pesquisados, 36 apresentaram alta

Levantamento mensal feito pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas do Procon-SP em convênio com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) revela alta de 6,38% no valor da cesta básica do paulistano. O preço médio que em 31/03/2022 era de R$ R$ 1.137,20 passou para R$ 1.209,71 em 29/04/2022.

O grupo Limpeza apresentou a maior alta, 7,65%, seguido por Higiene Pessoal, 7,17% e Alimentação, 6,23%.  A variação no ano é de 11,19% (base: dezembro/2021) 

Os produtos que mais subiram foram:
Batata (kg) 23,46%
Sabonete (unidade 90g) 13,23%
Leite UHT (litro) 13,19% 
Papel Higiênico Fino Branco (com 4 unidades) 12,38% 
Frango resfriado inteiro (kg) 11,89%

E as maiores quedas foram:
Salsicha avulsa (kg) - 5,00%
Creme dental tubo (90g) -0,29%

Dos 39 produtos pesquisados, na variação mensal, 36 apresentaram alta, dois diminuíram de preço e um permaneceu estável.

Variação anual

A pesquisa realizada regularmente pelo Procon-SP e Dieese aponta ainda que de abril de 2021 para abril de 2022 o aumento foi de 17,39%. O valor da cesta básica era de R$ 1.030,47 e passou para R$ 1.209,71.

No mesmo período, os três produtos que apresentaram maior alta foram: café em pó (500g), 97,55%; batata (kg), 74,61% e biscoito água e sal (pacote 200 g), 56,16%.

Por Da Redação em 13/05/2022 17:23