Redes Sociais

Economia

Economia paulista aumentou 1,8% no 1º trimestre de 2022

De acordo com a Fundação Seade, os destaques foram os setores de serviços e indústria

Publicado há

em

De acordo com a Fundação Seade, o Produto Interno Bruto (PIB) do Estado de São Paulo aumentou 1,8% no 1º trimestre deste ano.

No acumulado nos últimos quatro trimestres avançou 4,6%, com taxas positivas de 5,9% para os serviços e 2,0% para a indústria, e decréscimo de 4,8% para a agropecuária.

Com base nesses resultados, as projeções da Fundação Seade para o PIB paulista em 2022 melhoraram, passando a ter mínima de 0,6%, média de 1,4% e máxima de 2,4%.

Entre os meses de fevereiro e março, cresceu 1,0%, já descontados os efeitos sazonais, com desempenho positivo em dois grandes setores: indústria (4,2%) e serviços (1,1%). Na agropecuária houve decréscimo de 1,4%.

Em abril, PIB+30 recuou 1,9%, mas manteve-se em patamar superior aos níveis anteriores à pandemia. 

Já no acumulado dos últimos 12 meses, o PIB+30 de janeiro apresentou resultado positivo de 3,3%. O PIB+30 é um indicador que permite observar as estatísticas preliminares do PIB do Estado de São Paulo.

AS 10 MAIS LIDAS