Redes Sociais

Economia

Cenário otimista: intenção de compra na Black Friday Cresce 32%

De acordo com levantamento, a intenção de compra cresceu 32% em relação ao ano anterior

Publicado há

em

Foto: Arquivo/Ricardo Boni

A Black Friday de 2023 está se aproximando, e tanto consumidores quanto varejistas estão ansiosos para essa data marcada no calendário. Para o varejo, a Black Friday representa a oportunidade de alcançar um dos dias de maior lucro do ano, e as expectativas para este ano são positivas, apesar da queda registrada no comércio eletrônico em 2022.  

Em 2022, o faturamento do comércio brasileiro pela internet atingiu cerca de R$ 3,1 bilhões, mas houve uma queda de 14% em comparação com o ano anterior. Entretanto, as projeções para a Black Friday de 2023 são otimistas.

De acordo com um levantamento da Mfield, a intenção de compra cresceu 32% em relação ao ano anterior, apontando para um aumento nas vendas. Além disso, 55% dos varejistas acreditam na melhora nas vendas e planejam promoções para incentivar os consumidores a comprar.  

O estudo também revelou que 32,8% dos consumidores começam a comparar preços com um mês de antecedência, demonstrando um interesse crescente na Black Friday. Para os empreendedores, essa é uma oportunidade única para impulsionar seus negócios, e o mentor de empresários, André Minucci mentor de empresários, enfatiza a importância de se preparar com antecedência.

Para se destacar, os varejistas podem seguir algumas estratégias:

Descontos e promoções reais: Os descontos e promoções são o que tornam a Black Friday tão aguardada. Certifique-se de oferecer descontos reais e transparentes para conquistar a confiança dos clientes.

Marketing criativo: Invista em campanhas de marketing criativas e envolventes para atrair a atenção dos clientes nas redes sociais e na internet.

Preparação da equipe: Capacite sua equipe de atendimento ao cliente para lidar com o aumento da demanda durante a Black Friday. Considerar a realização de uma mentoria empresarial para preparar sua equipe para os diferentes cenários da empresa pode ser uma estratégia valiosa.

Gestão de estoque: Faça uma análise detalhada do estoque antes da Black Friday e garanta que os produtos mais procurados estejam disponíveis para evitar frustrações dos clientes.

Conhecimento do cliente: Utilize a tecnologia para coletar e analisar dados sobre o comportamento e preferências dos clientes. Isso ajudará a personalizar ofertas e se destacar no mercado.

Pós-venda e relacionamento: A Black Friday não termina com a compra. Mantenha o relacionamento com os clientes, forneça informações sobre o status do pedido e ofereça suporte pós-venda de forma proativa. Isso pode levar à fidelização do cliente e aumentar as chances de recompra.

Com a preparação adequada e a implementação dessas estratégias, os varejistas podem aproveitar ao máximo a Black Friday de 2023 e alcançar resultados positivos em um dos dias mais movimentados do ano no comércio.

André Minucci, enfatiza que a Black Friday de 2023 representa uma oportunidade única para o varejo. Ele destaca a importância de se preparar com antecedência, seguindo as estratégias mencionadas acima. Minucci aconselha os empreendedores a não subestimarem a importância de oferecer descontos e promoções reais, lembrando que a confiança do cliente é fundamental.

Segundo o mentor, a Black Friday é a oportunidade de transformar essa data em novas vendas e conquistar a satisfação e a fidelização dos clientes. Com uma abordagem cuidadosa e estratégica, os varejistas podem aproveitar ao máximo esse dia de movimentação intensa no comércio e colher os benefícios de um planejamento eficaz.  Portanto, esteja preparado, seja criativo e, acima de tudo, mantenha o foco na satisfação do cliente para o sucesso na Black Friday de 2023.

AS MAIS LIDAS