Redes Sociais

Esportes

Ronaldo Fenômeno inaugura escola de futebol em Rio Preto

Ex-Camisa 9 e maior artilheiro da seleção brasileira participou da inauguração de uma escolinha de futebol que leva seu nome na manhã desta terça-feira (dia 29); Fenômeno falou sobre sua carreira e temas mais polêmicos como os escândalos da FIFA e o fraco desempenho da atual seleção

Publicado há

em

O maior artilheiro da seleção brasileira, Ronaldo Fenômeno, esteve na manhã desta terça-feira em Rio Preto. O lendário camisa 9 participou na inauguração da Ronaldo Academy Escola de Futebol, na bairro Vila Azul.

Durante a coletiva, o Fenômeno falou sua carreira e respondeu simples perguntas feitas pelos pequenos, mas também não foi poupado de temas mais polêmicos, como escândalos da Fifa e o fraco desempenho da seleção.

Perguntando sobre o que seria se não fosse jogador de futebol, Ronaldo disse ao pequeno fã Gabriel, de 8 anos, que nunca teve um plano B. “Sempre sonhei em ser um jogador de futebol. Nunca cheguei a pensar em uma outra opção. Levei muitas broncas de minha mãe pois me dedica mais ao futebol que aos estudos. Se não fosse atleta, seria uma pessoa frustrada, pois não tinha um plano B” explicou o atleta.

Também disse ser grande fã do jogador Zico. “Admiro ele tanto quanto atleta quanto como pessoa”.

Quando questionado sobre o gol mais bonito da carreira, o Fenômeno relembrou o gol de cobertura sobre o goleiro Fábio Costa, marcado na Vila Belmiro pela decisão do Campeonato Paulista de 2009, quando foi campeão pelo Corinthians diante do Santos, mas segundo o atleta este não foi o gol mais importante.

“Gosto muito de classificar meus gols como os mais bonitos e o mais importante. Os gols mais importantes da minha carreira, sem dúvida alguma, foram os dois gols que marquei na vitoria por dois a zero na Copa de 2002 contra a Alemanha. Mas sem dúvidas, o gol  contra o Santos foi o mais bonito” afirmou o atleta.

Quando questionado sobre os escândalos envolvendo a FIFA, o Fenômeno afirmou que a sujeira tem que ser limpa. “O futebol tem que despertar e manter a paixão que sempre o acompanhou. Os protagonistas principais devem estar em campo. Esta sujeira que envolve o futebol internacional tem que acabar. Deve ser limpa o quanto antes”.

Fenomeno também afirmou que nunca teve qualquer envolvimento comercial com o rio-pretense J.Hawilla. “Nunca me envolvi com qualquer parceria comercial ou me envolvi em qualquer transação com o Hawilla”.

O Fenômeno também comentou sobre o fraco desempenho da seleção nas duas últimas competições e a ausência de um camisa 9 de peso. “A seleção brasileira está passando por um momento difícil. A partir de agora a ficar nítido o risco eminente do Brasil ficar fora da próxima Copa. Falta a seleção brasileira voltar impor respeito como antes. Éramos considerada a seleção favorita que chegava para ganhar. Hoje temos no Brasil grandes atletas, mas vivemos a carência de um camisa 9. Esperamos que futuramente esta carência seja sanada” lamentou Fenômeno, autor de 15 gols com a camisa nove canarinho.

A Ronaldo Academy foi fundada pelo ex-jogador em parceria com o empresário Carlos Wizard, do grupo Multi e proprietário da rede Mundo Verde.A intenção do grupo é que 100 academias sejam abertas nos próximos cinco anos. A empresa procura empreendedores locais com três aspectos: paixão pelo esporte, capacidade empreendedora e foco na satisfação do cliente, pois esse é um modelo de formação de pessoas. A escolinha Ronaldo Academy também oferece oportunidade para ex-jogadores de futebol, que podem se tornar técnicos e professores da rede. 

AS 10 MAIS LIDAS