GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Esportes

Após boa campanha em Cancún, Mateus Alves disputa ATP 500 Rio Open

Disputa no torneio, considerado o maior de tênis da América do Sul, começa neste sábado, dia 15, no Rio de Janeiro

O tenista rio-pretense Mateus Alves, do centro de treinamento Alves & Oliveira Tennis, se prepara para a disputa do quali do ATP 500 Rio Open, no Rio de Janeiro. Alves acaba de chegar do México, onde conquistou importantes resultados. Ele faturou três vices, em futures de 15 mil dólares, em Cancún, sendo dois de duplas e um pela chave de simples. Alves, de 19 anos, recebeu convite da organização do Rio Open para a disputa do qualificatório, que começa no sábado, dia 15. O Rio Open é o maior torneio de tênis da América do Sul. Alves faz parte da nova geração do esporte brasileiro.

O ATP 500 acontece de 15 a 23 de fevereiro e contará com a presença de grandes nomes na chave principal, como Dominic Thiem,4 da ATP e vice-campeão do Australian Open no último domingo, Matteo Berrettini, oito do mundo, além de Diego Schwartzman, 14, Borna Coric 28, Fernando Verdascoe os brasileiros Thiago Monteiro, Felipe Meligeni e Thiago Wild. Alves se junta a João Menezes e Pedro Boscardin e serão os três brasileiros em busca de uma das 4 vagas para a chave principal da competição.

“Com os convites do Mateus e o Pedro estamos cumprindo nosso compromisso em dar oportunidades para a nova geração do tênis brasileiro. Eles são merecedores dessa oportunidade pelos resultados que vem conquistando e torcemos para que eles aproveitem essa experiência ao máximo e consigam alavancar ainda mais as suas carreiras,” disse Luiz Carvalho, Diretor do Rio Open.

Mateus Alves, aos 19 anos, já conseguiu furar a barreira da transição para o profissional e entrou no ranking da ATP, onde é o 625o. Em novembro do ano passado ganhou seu primeiro título no ITF M15 em Cancún, México, mesmo ano em que estreou no quali do Rio Open como convidado. Nesta temporada, mais experiente, espera aproveitar melhor a chance. “Sou muito grato pela oportunidade de jogar o maior torneio de tênis da América do Sul. Agradeço especialmente ao diretor do Rio Open, Luiz Carvalho, que sempre busca ajudar os jogadores mais jovens e ao Guga. Venho trabalhando muito duro e darei meu melhor em quadra. Espero aproveitar ao máximo e conto com a torcida dos brasileiros”, falou Mateus.

Nomes que fazem parte da história do Rio Open estarão presentes mais uma vez. Finalista na primeira edição do ATP 500 do Rio de Janeiro, o ucraniano Alexandr Dolgopolov retornará ao circuito após quase dois anos fora se recuperando de lesões. Outro finalista que estará no Rio Open é o argentino Guido Pella, que conquistou o vice-campeonato em 2016.Com doze jogadores entre os 50 melhores do mundo, o line-up também conta com destaques da nova geração. Casper Ruud e Nicolas Jarry, semifinalistas em edições passadas do Rio Open, lideram o grupo, que inclui o chileno Cristian Garin, o espanhol Alejandro Davidovich Fokina e o francês Corentin Moutet. O qualifying será disputado nos dias 15 e 16, com entrada gratuita no Jockey Clube e streaming no site do Rio Open, para quem não puder estar no local.

 

Por Henrique Fernandes em 13/02/2020 23:59
TerrasAlphaville