Esportes

Torcedores e sócios homenageiam ex-craques do Jacaré

Ronaldão, Gilson Granzotto e Pitarelli, nomes que fizeram história no futebol nacional, foram os homenageados dessa vez

Na última quarta-feira (15), um grupo composto por ex-conselheiros, sócios e torcedores do Rio Preto Esporte Clube prestaram uma homenagem a três dos maiores ídolos do clube:  o zagueiro tetracampeão Ronaldão, o atacante Gilson Granzotto e o goleiro Pitarelli.  Os homenageados receberam várias camisas retrôs, contendo suas fotos de quando atuaram pelo clube, e um breve histórico e autógrafo de cada um dos craques do passado. A entrega das camisas foi feita na loja O Rei dos Parafusos, do filho do ex-presidente do Jacaré, Ulisses Cury.  Entre os sócios e ex-conselheiros responsáveis pela iniciativa estão os rio-pretenses Alescio Zaneratti, Reinaldo Lopes, José Cury Megid, Márcio Marcassa Jr, Márcio Mendonça, Guimaraes Ortega, Ulisses Cury Filho, Márcio Haddad, João Dellatorre, entre outros.   Já tinha sido homenageados os ex-atletas, Vilson Tadei, Jacintho Angelone, Noriva e Bussada.  Os sócios e torcedores agora analisam quem serão os próximos homenageados.

Ronaldo Rodrigues de Jesus, ou simplesmente Ronaldão. Zagueiro despertou para o futebol nacional no Rio Preto Esporte Clube, nos anos 80, antes de fazer sucesso e ser campeão mundial no São Paulo e, posteriormente, na Seleção Brasileira, onde foi tetracampeão. “Para mim é uma alegria muito grande receber essa homenagem. Foi o clube que me projetou para o futebol brasileiro e me proporcionou o sonho de me tornar campeão do mundo com a seleção brasileira. Foi o primeiro clube da minha carreira. Levo o Rio Preto no meu coração, por ter aberto as portas para mim e me possibilitado conquistar os vários títulos da minha carreira”, disse Ronaldão.

Adriano Pitarelli, o Pitarelli. Goleiro defendeu o Rio Preto Esporte Clube, sendo o capitão do acesso ao Paulistão, em 2007, ajudando o clube a ser vice-campeão da A-2. Atleta com grande qualidade técnica, era um líder em campo e defendeu grandes clubes brasileiros, como Guarani, Sport e Santos, além de ser eleito melhor goleiro do Paulistão no ano 2000. Pitarelli disse que o orgulho de receber a homenagem é imenso. “É uma das melhores coisas que o futebol proporciona para gente, principalmente depois de ter parado de jogar profissionalmente, é ser lembrado pelas amizades que a gente deixou e pelo que a gente conquistou. Isso de alguma forma significa que a gente marcou a história do clube e isso me honra muito”, afirmou o ex-goleiro do Jacaré.

Gilson Granzotto, o Gilson Búfalo Branco. Dono de um chute fortíssimo, o atacante iniciou sua carreira no São Paulo e deixou sua marca ao defender as cores do Rio Preto Esporte Clube, nos anos 80. É o maior goleador da história do clube e é sempre lembrado pela torcida do Jacaré.  Defendeu ainda grandes times, como Inter/RS, Atlético/MG, Atlético/PR e Bahia. “É um prazer voltar aqui na cidade e receber essa homenagem. Estou muito feliz. Foi o Rio Preto que abriu as portas do futebol para mim e sou muito grato. Sou conhecido no futebol como o Gilson do Rio Preto e olha que joguei em 26 clubes”, afirmou o ex-jogador.

 

Por Henrique Fernandes em 17/09/2021 00:58