Redes Sociais

Esportes

Melhor para o Baptista pai: Ponte Preta vence o Novorizontino em Campinas

Tigre segue com 14 pontos, no meio da tabela após duelo entre os técnicos Nelsinho e Eduardo

Publicado há

em

Higor Basso/Novorizontino

O Novorizontino voltou a campo neste sábado (15) pela 10ª rodada do Brasileirão B, e enfrentou a Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Com um jogador a menos desde os 22 minutos do primeiro tempo, o Tigre lutou até o final, mas não conseguiu pontuar. A equipe da casa venceu por 1 a 0, gol de Gabriel Novaes, na partida que marcou o encontro de Nelsinho Baptista e Eduardo Baptista, pai e filho, no comando das equipes.

”A gente sabia que ia ter dificuldades aqui, a Ponte Preta vem crescendo, sendo trabalhada, acho que até os 22 minutos, a expulsão, o Novorizontino vinha bem, controlando a Ponte Preta, conseguindo chegar, achar os espaços que a gente queria, mas depois da expulsão, jogar com um a menos aqui é muito difícil. Tentamos ajustar algumas situações, mas acabamos levando o gol. No segundo tempo tentamos buscar um ajuste, equilibramos o jogo em algumas situações, mas infelizmente não conseguimos chegar ao gol. Tem maneiras e maneiras de se perder, nós brigamos, lutamos, com um a menos não é fácil, os atletas foram nos seus limites, mas temos de descansar que terça tem outro embate, temos perdas novamente e temos de pensar nas soluções”, avaliou Eduardo Baptista.

Esta foi apenas a segunda vez na história do futebol profissional no Brasil em que pai e filho estiveram nos bancos de reservas e se enfrentaram. O outro registro data do ano de 1988. Lula Pereira trabalhava no Ceará e duelou com o pai, Geraldo Pereira, comandante do Fluminense de Feira Santana-BA. O jogo ocorreu no dia 27 de outubro daquele ano, pela Segunda Divisão da Copa Brasil, hoje Série B do Brasileiro. O Fluminense venceu por 1 a 0, gol de Dito, no estádio ‘Joia da Princesa’, em Feira de Santana, dando vitória para o pai, assim como aconteceu neste sábado em Campinas.

Com a bola rolando, o Novorizontino chegou em duas bolas com Lucca, que na primeira tentativa bateu prensado com a zaga, ganhou escanteio, e na outra subiu para cabecear e exigiu defesa do goleiro rival. Noutra chegada no ataque aconteceu o prejuízo do Tigre, que teve Patrick expulso após consulta do VAR. Na tentativa de dar uma bicicleta dentro da área, ele acertou o lateral-direito Igor Inocêncio. Dez minutos depois saiu o gol de Gabriel Novaes, aproveitando cruzamento de Gabriel Risso da esquerda. Jordi tocou a bola mas não evitou o gol.

Na terça-feira (18), o Tigre do Vale recebe o Amazonas, às 21h, no estádio Jorge Ismael de Biasi, pela 11ª rodada do Brasileirão B.

Confira o Pós-Jogo na TV Novorizontino

A FICHA DO TIGRE
Jordi; Patrick, Geovane, Willian Farias (Eduardo), Neto Pessôa (Waguininho), Lucca, Reverson, Luisão, Renato Palm (Rodrigo Soares), Paulo Vitor (Danilo Barcelos) e Fabrício Daniel (Rafael Donato).
Técnico: Eduardo Baptista.

Cartão Vermelho: Patrick.
Cartões amarelos: Luisão, Geovane, Willian Farias, Paulo Vitor, Danilo Barcelos, Rodrigo Soares, Eduardo.
Árbitro: Kléber Ariel Gonçalves da Silva.
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, neste sábado (15), pela 10° rodada do Brasileirão B

 


Emoção: Filho, Eduardo (esq.) e pai, Nelsinho, se encontraram neste sábado em Campinas, com vitória do mais experiente. Foto: Divulgação

AS MAIS LIDAS