Redes Sociais

Esportes

‘Clássico da Selva’ termina empatado no Jorjão: ruim para os dois lados

Tanto Novorizontino quanto Mirassol sequer se mexeram na tabela e não se aproximaram do G-4

Publicado há

em

Higor Basso/Novorizontino

Um bom jogo, mas um empate ruim tanto para Novorizontino quanto para Mirassol. As duas equipes da região de Rio Preto se enfrentaram na noite desta terça-feira (2) no estádio Jorjão em Novo Horizonte no fechamento da 13ª rodada da série B e ficaram no 1 a 1. Fabrício Daniel marcou para o Tigre enquanto que Dellatorre anotou para o Leão no ‘Clássico da Selva’.

Os dois clubes não se mexeram na tabela com a igualdade. Ambos chegaram aos 19 pontos e se mantém na 10ª (Mirassol) e 11ª (Novorizontino) colocações. Com isso, tanto um quanto o outro não se aproximaram e estão a três pontos do G-4, fechado nesse momento pelo Operário-PR, que soma 22.

Os gols saíram no primeiro tempo em que o Novorizontino foi melhor na maior parte. Logo aos oito minutos, Waguininho invadiu a área pelo lado direito e rolou para Fabrício Daniel, que tocou no cantinho baixo direito do goleiro Muralha: 1 a 0 Tigre. Depois de um gol, que seria o segundo, do time da casa anulado com ajuda do VAR, o Mirassol melhorou em campo.

Tanto que, nos acréscimos, depois de cobrança de escanteio pela direita, Luiz Otávio desviou de cabeça e Dellatorre apareceu nas costas da defesa no segundo pau e só empurrou para as redes, deixando tudo igual: 1 a 1.

Segunda etapa

Os 45 minutos finais foram marcados por um jogo mais truncado e menos criativo de ambas as partes. Porém, o Mirassol apareceu um pouco mais na tentativa de encontrar o gol. Na saída, ainda no gramado, o meio campo Marlon falou sobre a partida para o canal Premiere. Ele lamentou o gol que não valeu e enalteceu a atuação do time, especialmente no primeiro tempo.

“Fizemos um bom primeiro tempo, neutralizamos as principais jogadas do Mirassol. Foi uma intensidade muito alta, os times baixaram no segundo tempo. Sobre o gol (anulado), acho que foi uma trombada de jogo, um gol válido, sem falta. Mas quem decide é a arbitragem”, disse.

Já o atacante Fernandinho, do Mirassol, foi questionado sobre o fato do time não ter conseguido ainda nenhuma vitória fora de casa na competição. “Sabemos da importância da vitória fora de casa, viemos aqui, empenhamos nosso jogo, sabemos que eles jogam por uma bola. Voltamos mais ligados no segundo tempo, mas infelizmente não conseguimos concluir o placar por pouca coisa. Agora vamos em busca da vitória em casa”, cravou também em entrevista para o Premiere.

Próxima partida

Na 14ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B, o Novorizontino volta a campo na segunda-feira, às 20h, diante do Avaí, na Ressacada, em Florianópolis. Já o Mirassol joga no dia seguinte, quando recebe o CRB-AL, às 21h, no estádio Maião, em Mirassol.

AS MAIS LIDAS