Redes Sociais

Mundo

Calor extremo causa 62 mortos no norte da Índia

Grande parte do norte do país asiático continua em alerta para temperaturas elevadas superiores a 45ºC

Publicado há

em

Reuters/Anushree Fadnavis/Divulgação

O calor extremo causou a morte de 62 pessoas no norte da Índia, incluindo dezenas de funcionários eleitorais, quando o país realiza a fase final das eleições gerais.

As mortes ocorreram nos estados de Bihar, Odisha, Uttar Pradesh e Jharkhand, segundo as autoridades indianas, tendo ainda sido registada uma morte na capital, Nova Deli.

Grande parte do norte do país asiático continua em alerta para temperaturas elevadas superiores a 45 ºC em muitas cidades, de acordo com o Departamento Meteorológico da Índia (IMD).

Espera-se que as condições da onda de calor comecem a dissipar-se em grande parte do país nos próximos dias, coincidindo com a chegada da monção no sul e nordeste da Índia.

As temperaturas elevadas marcaram as eleições gerais na Índia, que tiveram início a 19 de abril e cujos resultados são esperados na terça-feira.

O primeiro-ministro, Narendra Modi, um hindu, está a tentar um terceiro mandato consecutivo contra uma aliança de partidos da oposição liderada pelo histórico Partido do Congresso.

As eleições gerais na Índia, o país mais populoso do mundo com 1,4 mil milhões de habitantes, envolveram quase 970 milhões de eleitores para eleger os 543 membros da câmara baixa do parlamento. (Com informações de O Observador)

AS MAIS LIDAS