Nacional

CTG Brasil antecipa troca de transformadores em modernização da Usina Hidrelétrica Ilha Solteira

WEG é responsável pela entrega de 21 transformadores de potência para geração de energia 100% limpa

A CTG Brasil anuncia a antecipação da substituição de 21 transformadores de potência na Usina Hidrelétrica Ilha Solteira, como parte do projeto de modernização que vem sendo conduzido pela empresa desde 2017. Inicialmente, a troca dos equipamentos estava prevista para ocorrer até 2027, mas foi antecipada devido a uma parceria com a WEG, empresa global de equipamentos eletroeletrônicos.

“Realizando ensaios preventivos, percebemos que antecipar a modernização seria importante para aumentar a disponibilidade de geração em Ilha Solteira, além de reforçar a segurança na usina”, afirmou Evandro Vasconcelos, vice-presidente de Geração e Comercialização da CTG Brasil. 

Os novos transformadores têm expectativa de vida útil de pelo menos 35 anos, com alta eficiência energética, potência 20,6% maior do que o modelo anterior e sistema digital de monitoramento. “Estes, não só substituir os equipamentos antigos, mas também evitar interrupções na geração de energia e garantir a operação da usina, minimizando riscos operacionais e desligamento ou parada de máquinas”, explica Carlos Diether Prinz, Diretor Superintendente da WEG T&D.

A parceria beneficia ainda operações da geradora de energia limpa. Além da entrega de transformadores para Ilha Solteira, a WEG forneceu equipamentos para melhorias nas usinas Salto Grande, Rosana, Taquaruçu e Garibaldi, todas administradas pela CTG Brasil.

Modernização a todo vapor

A CTG Brasil segue com seu cronograma de modernização das hidrelétricas Jupiá e Ilha Solteira, que envolvem também outros equipamentos. De acordo com Vasconcelos, “o processo é fundamental para contribuir com o desenvolvimento do País a partir da qualidade e segurança na geração de energia elétrica de forma 100% limpa e renovável, atividade essencial para o funcionamento do Brasil”.

Juntas, Ilha Solteira e Jupiá somam 5 GW de capacidade instalada de energia limpa, o suficiente para atender a demanda de mais de 2 milhões de brasileiros. O projeto de modernização das usinas deve ser concluído até 2027, com investimento total de R$ 3 bilhões, representando o maior projeto de modernização de hidrelétricas da história do Brasil.

 

Por Da Redação em 29/07/2020 22:00