Redes Sociais

Política

Alckmin vem a Rio Preto para reinaugurar prédio da DIG

Assessoria do governador confirmou a presença do tucano no evento que, de acordo com a agenda dele, deve começar às 11h; reformas do prédio foram concluídas em setembro

Publicado há

em

O prédio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Rio Preto será reinaugurado nesta sexta-feira, dia 22, em evento que terá a presença do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), confirmada pela assessoria dele na tarde desta quinta-feira, dia 21. Na última vez que esteve na cidade, o tucano, que é pré-candidato do partido à presidência da República havia afirmado que voltaria à cidade para participar do evento.

De acordo com a agenda do governador, a cerimônia de reinauguração está marcada para às 11h e deve ter as presenças do secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, e do delegado geral da Polícia Civil, Youssef Abou Chahin. É esperado que durante a cerimônia o governador anuncie o envio de viaturas para a Polícia Civil da região.

Depois de um ano três meses de trabalho, a reforma do prédio foi concluída em setembro e dependia da compra do mobiliário. As obras custaram R$ 4,5 milhões e desde o fechamento temporário a DIG estava funcionando em um prédio alugado por R$ 36 mil por mês, na rua Marechal Deodoro, no Centro de Rio Preto. O setor de celas também foi reformado, mas a carceragem permanecerá interditada por determinação judicial. A coordenação da DIG informou que a desinterdição das celas já foi solicitada pela Delegacia Seccional. As reformas reduziram a capacidade da carceragem, que era para 32 presos e agora passa a ser para 20.

O novo prédio terá elevador e rampa de acesso para melhorar a acessibilidade de pessoas com deficiências e a tubulação hidráulica e a fiação elétrica foram substituídas. De acordo com o Ministério Público e com o Sindicatos dos Delegados, a DIG, juntamente com a Dise, é uma das delegacias de Rio Preto que tem quadro completo de funcionários, e hoje conta com quatro delegados: Alceu Lima de Oliveira Júnior, André Balura, Fernando Tedde e Wander Solgon.

AS MAIS LIDAS