GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Política

Moradores da favela Vila Itália protestam contra a Prefeitura

Manifestação foi durante a sessão da Câmara de Rio Preto, na noite de terça-feira, dia 10

Em Rio Preto, moradores da Favela Vila Itália protestaram na sessão da Câmara na noite de terça-feira, dia 10, contra o prefeito Edinho Araújo. Na sexta-feira, dia 6, o prefeito reafirmou junto ao Poder Judiciário pedido de reintegração de posse da área. Parte do terreno onde fica a favela pertence ao município e parte ao espólio da família Purini, que também é parte da ação e tem o mesmo desejo. Dia a secretária de Assistência Social. Fabiana Zanqueta enviou documento ao Poder Judiciário explicando que o local onde está instalada a favela não comporta a urbanização necessária à fixação dos atuais barracos. 
Nesta terça-feira, dia 10, os moradores da favela levaram na sessão da Câmara e entregaram aos vereadores projeto urbanístico feito por uma empresa particular que, segundo eles, contraria as informações dadas pela Prefeitura. Não houve deliberação dos vereadores sobre o assunto. Os moradores foram mobilizados a irem à sessão por causa da posição da prefeitura. Eles foram mobilizados por Francisco de Jesus, presidente da Atem (Associação dos Trabalhadores na Educação). Os miradores ergueram cópias do estudo da empresa particular e gritaram a palavras de ordem como “Edinho, que papelão. A rua não é nossa opção”. A previsão é que a Justiça determine a reintegração de posse da área. Segundo a Constituição federal, área pública não é passível de uso capião. O prefeito já omnformou que não pode fazer a cessão da área por questões legais e que o local não comporta a urbanização.

Por Rubens Celso Cri em 11/09/2019 às 15:55
TerrasAlphaville