Política

Bolçone decide até o final de julho sobre sua candidatura a prefeito de Rio Preto

Decisão será tomada faltando poucos dias da data final para a convenção municipal, em 5 de agosto

 

O ex-deputado estadual Orlando Bolçone, DEM, decide até o final do mês se será candidato a prefeito de Rio Preto na eleição prevista para outubro. A decisão está ligada à data limite para a realização da convenção partidária, no 5 de agosto. Só pode ser inscrito candidato que for aprovado na convenção.

Será difícil alterar o calendário eleitoral, embora exista um entendimento entre área médica, Superior Tribunal Eleitoral, TSE e Congresso Nacional, próximo à unanimidade, para transferir a eleição de outubro para novembro ou até mesmo dezembro. Ainda assim, devem ser mantidas as datas para a realização da convenção, inscrição dos candidatos, início da campanha, etc. Por isso, Bolçone afirma que tem até o final do mês para decidir, mas que ser candidato a prefeito não é uma decisão pessoal e que não persegue esse objetivo. Está disposto a “continuar sendo útil” em qualquer área da administração pública.

Segundo afirma, nesse momento ele está preocupado em continuar a administrar a liberação das emendas que aprovou quando estava no cargo de deputado estadual e que ainda não foram autorizadas. As emendas são destinadas a prefeituras de Rio Preto, da região e também para instituições.

Por outro lado, Bolçone não descarta a candidatura. Também não diria não a indicação para alguma outra função no executivo estadual. Mas, afirma que uma decisão ou outra fica para o final do mês. Ele nega que tenha conversado com Rodrigo Garcia sobre o assunto neste sábado, quando o vice-governador esteve em cerimônia na Funfarme. Garcia é presidente estadual do DEM.

Por Rubens Celso Cri em 28/06/2020 15:17