Política

Republicanos fará coligação, mas não abre mão da candidatura a prefeito da Coronel Helena

Diego Polachini, presidente do diretório municipal, afirma que a convenção que oficializará as chapas majoritária (prefeito) e proporcional (vereador) será na segunda quinzena de setembro

 

O presidente do diretório municipal do Republicanos, jornalista Diego Polachini, disse que o partido praticamente fechou uma coligação majoritária (para prefeito) com dois partidos e tem uma conversa adiantada com um terceiro. A pré-candidata a prefeito do Republicanos é a Coronel Helena. Em caso de coligação, o pré-candidato a vice deve ser indicado por um dos partidos com os quais vai se coligar.

Diego adiantou também que o partido ainda não definiu a data da convenção municipal. Segundo ele, ela deve entre 31 de agosto e 16 de setembro. Ele afirmou que a chapa proporcional (para vereadores) está fechada e será completa. Com 28 candidatos, um máximo de 18 homens e mínimo de 8 mulheres. Na eleição proporcional as coligações estão proibidas.


O Republicanos afirma que terá cabeça de chapa na majoritária. Ou seja: o candidato a prefeito será do partido. Essa decisão fecha a porta para qualquer tipo de negociação com outro grupo político que pretenda ter a Coronel Helena como candidata a vice. A convenção é a instância que oficializa os candidatos. Depois, os partidos têm até o dia 26 de setembro para registrar o candidato na Justiça Eleitoral.

Por Rubens Celso Cri em 13/07/2020 14:44