Política

Justiça Eleitoral indefere mais 5 candidatos a vereador; três do PSL e dois do PTC

A Justiça Eleitoral ainda pode impugnar outros nomes

A Justiça Eleitoral impugnou cinco candidatos a vereador da Coligação Rio Preto de Verdade do candidato a prefeito Marco Casale, PSL. A informação foi confirmada pela direção municipal dos dois partidos. 

 João Novaes e Paulino Pintor, do PTC, tiveram as candidaturas indeferidas porque não se enquadram nos artigos da Lei da Filha Limpa. No PSL Elisângela Araújo, João de Almeida (o João da Circular) e Ana Paula dos Santos também foram impugnados. No caso do PSL, o partido não explicou os motivos das impugnações das candidaturas.

O Tribunal Regional Eleitoral estava passando o pente fino nos CPFs para saber se estão dentro das regras da Lei da Ficha Limpa e a dupla filiação: quando a mesma pessoa está em mais de um partido. 

A Justiça Eleitoral pode impugnar outros nomes uma vez que essa função do Tribunal ainda não terminou. Em Rio Preto serão aproximadamente 390 candidatos a vereador.

O outro lado 
Na manhã desta terça-feira, dia 27, o PSL revelou que os candidatos que tiveram o nome impugnado, Lia Araújo e João da Circular, não vão recorrer e não serão substituídos. Ana Paula dos Santos entrou com recurso e aguarda decisão.

Por Rubens Celso Cri em 27/10/2020 10:15