Política

Vereadores voltam a impedir convite para Aldenis Borim e Pedro Pezzuto darem explicações à Câmara

Vereador protestou e disse que os colegas estão tirando as prerrogativas da Câmara de fiscalizar o prefeito e a administração

 

A base de sustentação do prefeito Edinho Araújo, MDB, na Câmara impediu novamente a convocação de dois secretários municipais para prestar esclarecimentos. Novamente os requerimentos de convite partiram do vereador João Paulo Rillo, Psol. 

Ele insiste em ouvir o secretário de Agricultura, Pedro Pezzuto, para discutir o kit Merenda escolar. Afirma receber denúncia de que os Kits não têm a quantidade de alimentos necessários. São dois Kits ao mês. Um com produtos secos e outro com os perecíveis como frutas e verduras. Mesmo vereadores que dizem receber as mesmas denúncias votaram contra.

O outro secretário que não foi convidado é o de Saúde, Aldenis Borim. O vereador quer explicações sobre a condução do enfrentamento da pandemia. João alega que Rio Preto é uma das cidades onde mais se morre, proporcionalmente, por Covid-19 no Brasil. 

Ele apresentou os dois requerimentos afirmando que os vereadores da base se comprometeram publicamente que votariam em um convite e não em uma convocação. Os dois requerimentos não prosperaram.

Paulo Pauléra, PP, votou contra e disse que Aldenis faz um dos melhores trabalhos no Estado. Bruno Moura, PSDB, também atacou os requerimentos e disse que Aldenis tem muito o que fazer neste momento da pandemia para parar e ficar explicando as atividades da pasta.

Por Rubens Celso Cri em 11/05/2021 18:20