Política

Confira os bastidores da política desta sexta-feira, dia 11 de junho

O jornalista Rubens Celso Cri traz na coluna Giro Político as principais notícias da política

O pepino

O presidente da Câmara, Pedro Roberto, Patriota, encaminhou na última terça-feira, aos integrantes da Mesa Diretora, o Relatório Final da Comissão de Inquérito que puniu João Paulo Rillo, Psol, com “advertência escrita”. João Paulo será notificado após a diretoria legislativa fazer um Termo de Homologação. Antes disso, a Lei impede que ele conheça o relatório de 12 páginas. Na verdade, a decretação de sigilo pelo Conselho, impede a divulgação do relatório para a imprensa e para a cidade. 

E agora?

A decisão do Conselho deu um nó no presidente da Câmara, Pedro Roberto, e na burocracia da Casa. Na sessão de terça, o vereador Anderson Branco, PL, pediu para que o relatório fosse lido. As diretorias legislativa e jurídica fizeram uma blitz no Regimento e disseram não. O sigilo não permite a leitura. Talvez, e apenas talvez, ele venha a público depois que o vereador for notificado. Ao menos é o que diz uma nota enviada à imprensa pelo presidente da Câmara.

Na Justiça

João Paulo vai tentar cancelar a punição com um recurso no próprio Conselho. Caso não consiga, vai à Justiça. O vereador alega que todo o processo foi ilegal. Diz que foi impedido de saber o que os vereadores denunciantes disseram, que o Conselho não abriu prazo para ele apresentar testemunhas de defesa e todos os atos foram secretos. Sem TV Câmara e sem a imprensa. Alega que foi um ato de “exceção” e que “o Conselho não respeitou o devido processo legal”, segundo a Constituição, afirma.

Baixar a bola

A denúncia contra João Paulo Rillo ao Conselho de Ética abriu a porteira. Na sequência, um dos denunciantes, Bruno Moura, PSDB, foi denunciado pelo mesmo crime após ameaçar fisicamente o vereador do Psol. Anderson Branco denunciou Renato Pupo, PSDB. Caso o Conselho aceite a denúncia, Pupo vai denunciar Branco. A denúncia estaria “no forno”. Tudo isso em 5 meses num grupo de 17 pessoas. O Conselho da Câmara Federal com 503 deputados não tem meia dúzia de processos. O cabo de guerra entre a base do prefeito e a oposição está envenenando as relações entre os vereadores.

Câmara do C

Os vereadores Cabo Júlio Donizete, PSD, Celso Luiz Oliveira (Peixão), MDB, Francisco Júnior, DEM, Robson Ricci, Republicanos, e Paulo Pauléra, PP, já contraíram a Covid-19. Hoje quem testou positivo pela segunda vez é o Peixão. Está em isolamento e o gabinete fechado. Ele tem 59 anos e ainda não recebeu nem a primeira dose da vacina.

A Lei da gravidez

O vereador Cabo Júlio acredita que a gravidez é regrada por uma legislação criada para o funcionamento do metabolismo humano. Ao falar em uma emissora de rádio sobre o seu projeto que cria o Auxílio Maternidade para gestantes carentes, ele disse sobre as mulheres: “passam pelo trâmite legal dos 9 meses da gravidez”.

Deus na causa

É possível que a duplicação da BR 153 entre Icém e Getulina, mais de 80 quilômetros, termine antes que a duplicação dos 17 quilômetros na mesma rodovia no trecho urbano em Rio Preto. Iniciada ainda no governo de Valdomiro Lopes, o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte) não sabe dizer quando ela vai terminar. A eleição de 2022 para a presidência da República pode fazer algum “milagre”. Parece que o homem vai precisar.

A lebre

Enquanto isso, a Triunfo Transbrasiliana duplicou o trecho Rio Preto/Bady, começou a obra entre Bady e José Bonifácio (25 quilômetros) e anunciou que vai duplicar os 52 quilômetros que ligam Icém a Rio Preto e os 33, entre Promissão e Getulina. Não marcou data do início das novas obras. O trecho Bady/José Bonifácio será entregue em 2 anos ao preço de R$ 200 milhões. É possível que a concessionária faça a sua parte antes que o governo federal conclua a obra na zona urbana de Rio Preto, onde escarafuncha há quase dez anos.

Vamos pagar

Qualquer motorista prefere estrada duplicada do que pista simples. Mas não existe almoço grátis. A duplicação entre Icem e Rio Preto e Promissão e Getulina não está no contrato de concessão. Por isso, a zero hora deste sábado o pedágio na BR passa de R$ 5,20 para R$ 7,70 para carros de passeio. Temos uma praça de pedágio em José Bonifácio e outra na proximidade de Nova Granada.

BR duplicada na RM

Mesmo que tenha sido uma coincidência, a duplicação da BR entre Icém e José Bonifácio vai integrar com qualidade e segurança todas as cidades da rodovia que fazem parte da Região Metropolitana (RM): Nova Granada, Onda Verde, Ipiguá, Rio Preto, Bady, Riolândia (distrito de Mirassol) e José Bonifácio. A partir de Bady, entram Nova Aliança e Mendonça.

Extremos derretem

Pesquisa eleitoral do PoderData, do portal Poder 360, com 2,5 mil pessoas, entre os dias 7 e 9 de junho, tem um dado que pode mexer com o PSDB. Mostra que em um provável segundo turno a diferença entre Lula e Jair Bolsonaro caiu 7 pontos. Lula, ainda à frente. Foi de 52% a 34% para 48% a 37%. Se a eleição fosse hoje, Lula venceria o presidente. Os dois estão “derretendo”. Lula, no entanto, é o único que perde pontos numa disputa com o atual presidente em um provável 2º turno. Ciro venceria Bolsonaro por 3%, Luciano Huck por 8 pontos e, o pulo do gato para o PSDB: pela primeira vez João Doria empata com Bolsonaro num segundo turno. Trinta e nove por cento para cada um deles.

Olha o Doria aí, gente

É a primeira vez que João Doria empata com Jair Bolsonaro num eventual segundo turno entre os dois. Portanto, os argumentos de uma ala do PSDB que não acredita que os brasileiros votem em Doria podem mudar de opinião. Nenhum outro tucano aparece nessa colocação. As prévias do PSDB para definir o candidato serão em agosto. Os concorrentes são Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, e o senador Tasso Jereissati.

Olha o Rodrigo aí, gente

Caso Doria se consolide ou melhore esse patamar, o PSDB não vai dar as costas. Até porque seja lá qual for o candidato, o partido quer vencer a eleição para presidente e voltar a ocupar e dar as ordens na Esplanada. E ter na mão o 10º maior orçamento do Planeta. Vai apostar em quem tiver mais chance. Se isso acontecer, definitivamente afasta o governador da disputa de sua própria reeleição e abre as portas para Rodrigo Garcia. O PSDB briga, agora, para segurar Alckmin e levá-lo a se candidatar ao Senado.  

Migalhas

Vereador e presidente da Frente Parlamentar da RM, Pedro Gomes, participou ontem de uma teleconferência com o presidente da Assembleia Legislativa, Carlão Pignatari, PSDB. O assunto foi emendas parlamentares. Duas decepções: são apenas R$155,6 milhões para todo o Estado e, talvez, Rio Preto fique a ver navios. O valor é dividido para 89 deputados e 427 municípios. O Estado tem 445. 

Luz vermelha

A reinfecção do vereador Peixão pelo coronavírus acendeu a luz vermelha na Câmara. Pedro Roberto disse que se reuniria com os diretores para decidir se endurece as regras na Câmara.

 

Por Rubens Celso Cri em 11/06/2021 00:10