Redes Sociais

Política

Confira os bastidores da política desta sexta-feira, dia 05 de agosto

O jornalista Rubens Celso Cri traz na coluna Giro Político as principais notícias da política

Publicado há

em

Pode ser o 2º

Rodrigo Garcia (PSDB) é o segundo governador estadual que a cidade pode eleger em pouco mais de vinte anos. O primeiro foi Luiz Antônio Fleury Filho (ex-PMDB). Alguém pode dizer que nenhum dos dois são de Rio Preto. Fleury nasceu em Nova Aliança e Garcia, em Tanabi. 70% dos moradores que chegaram das pequenas cidades da região, não nasceram aqui, mas alteram naturalmente o DNA e consideramos rio-pretenses. Incluindo parte de nordestinos que veio para as lavouras de cana-de-açúcar e laranja, que ficaram.  Hoje ele ocupa o cargo após renúncia de Joao Dória (PSDB).

Rodrigo é rio-pretense

Os dois têm uma relação completamente oposta com Rio Preto. Enquanto Fleury Filho foi criado, estudou e se formou, bateu asas e manteve uma relação distante (e assim continua), Garcia chegou aqui com menos de dois anos, construiu sua vida, se formou, se casou com uma rio-pretense, teve a cidade como base eleitoral durante suas eleições para deputado estadual e federal e tem uma casa onde fica quando está aqui, perto do Harmonia Tênis Club. Assim como todo rio-pretense, ama a cidade, com todos as suas coisas boas e ruins.

Expectativa

Seu domicílio eleitoral (onde vota) foi Rio Preto até ser escolhido na chapa do PSDB como candidato à vice de Doria. Fiel, sempre militou no mesmo partido. PFL, que virou DEM. Além de mudar o domicílio eleitoral, só migrou para o PSDB numa reengenharia política para ser o candidato a governador desse grupo tucano.  Por isso, caso se reeleja, a expectativa é que continue a tratar a cidade e a região como sempre fez. Com governador e vice da Região Metropolitana, pode dar um impulso à região que nunca foi visto antes. Antes, porém, tem que ser eleito. Passar sobre o Tarcísio (PL) e Fernando Haddad (PT).

Edinho Araújo

O prefeito Edinho Araújo se manifestou após o anuncio de que o vice de Rodrigo Garcia na disputa do governo estadual é o deputado federal Geninho Zuliani. A primeira palavra que disse foi “unidade”. Disse que essa é a palavra de ordem entre quem apoia a reeleição de Garcia e a eleição de Edson Aparecido para o Senado.  O prefeito disse que Geninho tem experiência administrativa ao governar Olímpia. E foi uma grande surpresa como deputado federal. Para ele, será um parceiro de primeira hora do Rodrigo e para a região.

Amigo de fé

O vice-prefeito e homem forte do União Brasil na cidade, Orlando Bolçone comemorou a indicação de Geninho como candidato à vice de Garcia na disputa estadual. Na mesma linha do prefeito, Bolçone disse que Geninho tem experiência, conhece os municípios e tem capacidade administrativa. Para ele, Geninho é parceiro, amigo e vai ajudar na vitória da chapa.

Motta levou

Eleição é um momento de reacomodação política. O deputado federal Luiz Carlos Motta (PL) passou pela Câmara na sessão de terça-feira (26/7). Depois da sessão ele realizou uma reunião no gabinete do vereador Bruno Moura (PSDB). Estavam presentes o deputado Motta, Bruno Moura, Bruno Marinho (Patriota), Jorge Menezes (PSD), Rossini Diniz (PL), Júnior Ruel (União Brasil) e Júlio Donizete (PSD). Alguém contou que o grupo fechou apoio à reeleição do deputado, em outubro.

Omelete

A mesma fonte afirma que Celso Luiz Peixão (MDB) fechou com Motta e Valdomiro Lopes da Silva (PSB), candidato a estadual. No mesmo grupo, está o secretário de Esporte Fábio Marcondes (PL).  A dissidência desse grupo seria o bolsonarista Anderson Branco (PL), que preferiu o conforto do colo de Edinho, que tem Edinho Filho (MDB) candidato a deputado federal. Como ficará a relação de Anderson Branco e Marcondes, presidente da Executiva municipal do PL? Pula fora do PL? E a relação de Fábio Marcondes e o prefeito Edinho Araújo, que o indicou a Secretário de Esporte?

Sentiu

Na última sessão ordinária da Câmara o vereador Cabo Júlio Donizete já deu a fita. Os secretários municipais já não respondem mais às mensagens ou o atende. Ao fazer a revelação, parte dos vereadores disseram que acontece o mesmo com eles. Já seria o efeito dessas amarrações? Ninguém serve a dois grupos ao mesmo tempo. Alguém terá que fazer escolhas.

Censor

O vereador Bruno Moura deu um show de desrespeito ao Estado de Direito e à democracia ao pedir censura à imprensa ao presidente da Câmara falando da Tribuna, na sessão. A Câmara de Rio Preto ainda mantém um instrumento medieval para definir quem deseja homenagear ou não. O mesmo acontece quando vai dar nomes para ruas recém-abertas. Simples: faz sessões secretas em pleno século 21, no mundo dos Portais de Transparência e tudo mais.

Aprendendo

Bruno Moura reclamou que uma hora após votar contra a concessão de um título de cidadão honorário rio-pretense ao deputado estadual e presidente da Assembleia, Carlão Pignatari (PSDB), do seu partido, um jornal ligou para ele perguntando sobre seu voto. Disse que de secreto, a sessão não tem nada. É isso mesmo, vereador. Aí, um Poder bancado pelo povo, não tem nada para ser escondido. Mesmo que as posições incomodem quem recebe cartão vermelho.

O Soler e o China

O jornalista Mário Soler, secretário de Comunicação Social, está temporariamente afastado para tratamento de saúde. O então jornalista do gabinete do prefeito, Luiz Fernando China, assumiu à função na ausência de Soler. Tem jornalista dizendo que China chegou chegando. Uma de suas determinações foi lembrar aos veículos de imprensa que existe uma lei que obriga divulgar os créditos dos jornalistas e fotógrafos que produzem conteúdo e imagens. 

Se antecipando

O promotor Carlos Romani, um dos três do Ministério Público local que fiscaliza os atos na área da Saúde, não tem nada contra a mobilização dos moradores e vereadores que pressionam a administração para manter aberta a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Felicidade. A Secretaria de Saúde anunciou o fechamento e disse que a Unidade do bairro Solidariedade, ao lado, vai atender aos pacientes do Felicidade. Romani foi no local e pesquisou todos os pontos que os moradores dizem que são problema. Gravou um vídeo onde dá pistas sobre sua posição: a UBS do Felicidade é pequena, as pessoas (inclusive funcionários) ficam do lado de fora, não tem todos os serviços prestados no Solidariedade e, segundo ele, tem ônibus com fácil acesso.

Delírio ou quimera?

Um boato que circulou forte nesses últimos dias provoca arrepios na esquerda e na direita. João Paulo Rillo (Psol) para prefeito e Robson Ricci (Republicanos) para vice. Casamento de cobra com cruz-credo. Embora utópico para uns e ridículo para outros, é bom lembrar que tem petistas e bolsonaritas fazendo alianças país afora. Sim, João não é petista. Mas é lulista. Por outro lado, sabe-se que Pedro Roberto Gomes (Patriota), próximo de João, tem relações muito próximas com jornalista Diego Polachini, presidente do Republicanos em Rio Preto. 

Outro caminho

João Paulo Rillo está mergulhado na eleição deste ano. Concorre a uma vaga a deputado federal na chapa do Psol. Antes do seu partido fechar uma Federação com a Rede, um tucano com quem conviveu na Assembleia garantiu que será a eleição mais fácil que João vai disputar. Falou em pesquisas internas que apontam uma grande bancada federal do Psol paulista. Guilherme Boulos (Psol) vai ter uma quantidade de voto para puxar outros candidatos. A coisa teria ficado ainda mais confortável após a o anúncio de que Marina Silva (Rede) também é candidata à deputada no mesmo grupo no estado de São Paulo. Ela também deverá ter uma grande votação. Em Rio Preto, João teria apenas um concorrente dos votos do eleitor da esquerda para federal: Abner Tofanelli (PDT).   

Costurando

Levado pelas mãos do ex-deputado federal Eleuses Paiva (PSD), o médico e diretor-executivo do Ultra-X Medicina Diagnóstica, Fernando Paiva, participou nesta quarta-feira (3) de reunião com o ministro da Saúde Marcelo Queiroga, em Brasília. No encontro, que também teve a presença do médico César Nomura, presidente da Sociedade Paulista de Radiologia, Fernando Paiva tratou de temas ligados às áreas de saúde e educação médica continuada. Na terça (2), o diretor do Centro de Diagnóstico se encontrou com Marco Bego e Giovanni Cerri, CEO e presidente do Inova HC respectivamente, para dialogar sobre parcerias para projetos e centros de tecnologia de Rio Preto. Representantes da Unimed Rio Preto também participaram do encontro.

Boulos

Quem passou por Rio Preto ciceroneado por João Paulo Rillo, presidente estadual do Psol, foi Guilherme Boulos e a candidata a deputa estadual Ediane Maria (Psol). Bouolos concedeu uma entrevista às 16h no Centro Cultural Vasco e, no mesmo local, às 19h, deu uma palestra. Rillo disse que a costura para uma aliança do centro-esquerda foi um longo percurso para virar a página na administração do governo do estado.

Rebelo sertanejo

Tozadore, candidato a deputado estadual pelo PDT de Rio Preto, acompanhou Aldo Rebelo, ex-ministro, ex-presidente da Câmara Federal e candidato ao Senado, à região e a Rio Preto, no começo da semana. A vinda de Aldo já causou problemas domésticos.

AS 10 MAIS LIDAS