Redes Sociais

Política

Rodrigo Garcia escolhe Geninho Zuliani como vice da chapa tucana

O anúncio oficial deve acontecer em uma entrevista coletiva nesta quinta-feira; prazo final é sexta-feira (5)

Publicado há

em

Uma reunião na noite de ontem (03) definiu que o deputado federal e secretário-geral do União Brasil no estado de São Paulo, Geninho Zuliani será o candidato a vice-governador na chapa de Rodrigo Garcia, candidato a governador pelo PSDB.  

Para conquistar a vaga, Zuliani teve que enfrentar resistências dentro do União Brasil, do grupo do deputado federal Júnior Bozella e do MDB, que desejava ocupar esse lugar na disputa eleitoral. 

Para superar as resistências do MDB, aliado de primeira hora, Rodrigo Garcia, o PSDB e o União Brasil tiveram que assegurar que a vaga ao Senado nesta eleição terá um emedebista e o apoio dos três partidos na tentativa de reeleição de Ricardo Nunes (MDB), atual prefeito da capital, ocupada após a morte de Bruno Covas.

O nome de Geninho está oficialmente confirmado. O MDB vai anunciar oficialmente o escolhido para concorrer ao Senado. O nome para a  disputa é o do ex-secretário de Saúde da cidade de São Paulo, Edson Aparecido.    

Geninho Zuliani 

Geninho Zuliani nasceu em Ribeirão Pires, se mudou na infância para Olímpia, foi vereador e prefeito da cidade. Formado em Gestão Pública pela Unisul (Universidade do Sul de Santa Catarina) é pós-graduado em Master em Liderança e Gestão pelo CLP (Centro de Lideranças Públicas). 

A careira política de Geninho sempre esteve ligada ao DEM e ao governador Rodrigo Garcia (hoje, PSDB). Como prefeito, fez a transição da economia de Olímpia, que era baseada na agricultura, para a prestação de serviços na área do turismo. Segundo ele a vocação natural da cidade. Se transformou no primeiro distrito turístico de São Paulo. Recebe atualmente mais de 3 milhões de visitantes por ano. A segunda no Estado e a quinta no Brasil em número de leitos hoteleiros. 

Deputado federal desde 2018, com aproximadamente 90 mil votos, em 3 anos e meio de mandato apresentou mais de 900 propostas legislativas na Câmara dos Deputados. A maior conquista foi o Marco Legal do Saneamento Básico e a legislação tem gerado mais segurança jurídica e atraído investimentos privados ao setor.

Casado, pai de três filhos, Geninho Zuliani é presidente do União Brasil em São José do Rio Preto, onde reside e tem domicílio eleitoral.

Esta não é a primeira vez que dois rio-pretenses disputam os cargos de governador e vice-governador. Os dois anteriores foram Luiz Antônio Fleury Filho (PMDB) e Aloysio Nunes Ferreira (à época, PMDB). Aquela chapa, que venceu a eleição, oi patrocinada elo ex-governador Orestes Quércia (PMDB).

Senador Edson Aparecido

A escolha de Edson Aparecido se deu pela sua vasta experiência como homem público, coroada pela recente atuação à frente da Secretaria de Saúde na capital na gestão Bruno Covas e Ricardo Nunes no enfrentamento à pandemia, levando a cidade de São Paulo a se tornar referência mundial em vacinação contra o coronavírus.

Edson Aparecido começou sua militância durante a campana pelas diretas já. Atuou como coordenador da campanha de José Serra para o Senado em 1994 e foi assessor político do ministro das Comunicações Sérgio Motta, de 1995 a 1997. Teve dois mandatos como deputado estadual (1999 a 2006) e dois como deputado federal (2007 a 2014).

AS 10 MAIS LIDAS