Redes Sociais

Política

Deputados criticam orçamento do Esporte em reunião com secretária na Alesp

Helena Reis falou com deputados da Comissão de Assuntos Desportivos e mostrou os repasses do Governo do Estado

Publicado há

em

Larissa Navarro

Deputados estaduais membros da Comissão de Assuntos Desportivos da Assembleia Legislativa do Estado (Alesp) criticaram o orçamento destinado à Secretaria de Esportes, durante um encontro com a chefe da pasta, coronel Helena Reis (Republicanos). O encontro foi realizado na última quarta-feira (14). O parlamentar que representa a região de Rio Preto, Itamar Borges (MDB), endossou as críticas aos repasses.

O Estado de São Paulo tem o maior orçamento estadual do país, em 2023. Os valores aprovados pela Alesp, em dezembro do ano passado, são de R$ 317 bilhões. Deste total, R$ 315.508.610,00, ou seja, cerca de 0,47% é destinado ao Esporte.

Depois de ouvir as explicações de coronel Helena, o presidente da Comissão, Altair Moraes (Republicanos), comentou a respeito do orçamento destinado ao Esporte em São Paulo. “Vejo o orçamento da Secretaria do Esporte muito baixo para uma pasta tão importante. Eu e meus colegas deputados iremos trabalhar por uma melhoria nas condições esportivas do estado”, projetou.

Itamar Borges (MDB), que também estava presente, reiterou a importância do esporte para a economia, citada pela secretária. “Quanto mais investirmos no esporte, menos será preciso investir no social e na saúde, pois um aspecto ajuda o outro. É um investimento de excelente custo-benefício”, declarou.

A deputada Thainara Faria (PT), presente no colegiado como suplente de Leci Brandão (PCdoB), questionou a secretária a respeito do esporte como uma forma de dar aos jovens, sobretudo àqueles em situação de vulnerabilidade e pobreza, uma vida digna e bem-sucedida, usando como exemplo o futebol de várzea (amador). Helena respondeu dizendo que “a Secretaria de Esporte auxilia na estrutura dos campeonatos de várzea, sobretudo no âmbito estadual, o que possibilita aos jovens se destacarem”.

Vice-presidente da Comissão, o deputado Felipe Franco (União) comentou a respeito da Lei que criou a Bolsa Talento Esportivo em São Paulo, em vigor desde 2009. Segundo o parlamentar, a lei está há muito tempo sem atualização, tanto nos valores da bolsa quanto em alguns termos. “Gostaria de usar meu mandato em parceria com a Secretaria para melhorar este programa, para que mais e mais jovens entrem no meio esportivo com qualidade”, explicou.

Helena Reis mostrou os atuais projetos da pasta e respondeu aos questionamentos dos parlamentares sobre as políticas públicas envolvendo na área. “Esporte é uma questão de saúde, educação e segurança para o cidadão, desde crianças até idosos. Pretendo fazer um trabalho transformador na política esportiva em São Paulo, e conto com o apoio dos deputados aqui presentes para isso”, disse.

Entre as novas iniciativas da pasta, a secretária deu destaque ao Programa São Paulo Olímpico, que tem como principal objetivo retomar o esporte entre estudantes dos ensinos fundamental e médio, investindo em infraestrutura e na capacitação de profissionais de Educação Física. “O programa será uma nova fase, na qual pretendemos incentivar e apoiar a carreira de jovens promissores no esporte, possibilitando um plano profissional para os mesmos”.

Além disso, Helena exemplificou como as atividades esportivas podem ser uma ferramenta fundamental para a economia do estado, tornando-se uma fonte de turismo, saúde e entretenimento para a população. “Em um trabalho conjunto com a Secretaria de Turismo, conseguimos espalhar a prática de esportes por todo o Estado de São Paulo. Além de incentivar as pessoas a realizar práticas saudáveis, movimentamos a economia”, concluiu.

AS MAIS LIDAS