Redes Sociais

Política

Vídeo que atribui ponte rodoferroviária a Bolsonaro volta a circular nas redes sociais

Obra que liga estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul foi inaugurada em 1998

Publicado há

em

Reprodução/Redes Sociais

Um vídeo, cuja legenda atribui a construção da ponte rodoferroviária Rollemberg-Vuolo, entre Rubinéia (SP) e Aparecida do Taboado (MS), ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), voltou a circular nas redes sociais. A informação é falsa, uma vez que a obra foi inaugurada em 1998, pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso.

No vídeo, a ponte é mostrada de diversos ângulos. Com as fotos do ex-presidente e da ex-primeira-dama, Michele Bolsonaro, a narração diz: “conheça agora a única ponte brasileira que possui um sistema ferroviário e rodoviário sobrepostos. Essa gigante da engenharia é a ponte rodoferroviária Rollemberg Vuolo, que liga os estados brasileiros de Mato Grosso do Sul e São Paulo, unindo a cidade sul-mato-grossense de Aparecida do Taboado à cidade paulista de Rubinéia. A ponte é no encontro do Rio Grande com o Paranaíba, onde se forma o Rio Paraná. Dessa ponte é possível ver os três estados São Paulo, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. Essa obra prima possui uma extensão total de 3 mil e 700 metros, sendo, portanto, a maior ponte fluvial brasileira. A ponte também se destaca pela sua beleza arquitetônica e paisagística, tornando-se um ponto turístico para a região. Uma ponte que impressiona pela sua grandiosidade e pela sua importância. Você já conhecia essa ponte? Deixe o seu comentário”.

A legenda da montagem também atribui a construção da ponte ao governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) e já tinha viralizado no ano passado dizendo: “Uma ponte que quase ninguém sabe da sua existência. Pq a mídia lixo escondeu todas obras da gestão de Bolsonaro. Uma das grandes obras de engenharia do governo Bolsonaro e Tarcísio.* *divulgue, pois a nossa mídia comunista não o faz”.

A informação é falsa porque a ponte Rollemberg-Vuolo foi inaugurada em 1998 e recebeu o nome oficialmente em 2002, por meio de um Projeto de Lei aprovado na Câmara e no Senado antes da sanção presidencial no mesmo ano. A composição se dá pelas homenagens ao deputado Roberto Rollemberg, que dá o nome à parte superior, rodoviária, e ao senador Vicente Vuolo, que dá o nome à parte inferior, ferroviária.

Por outro lado, Jair Bolsonaro assumiu como presidente da República em 2019 e Tarcísio de Freitas foi eleito governador de São Paulo em 2022.

Procurada, a assessoria do prefeito Edinho Araújo (MDB), que na época era deputado federal, disse que é “Fake News” e “não tem o que comentar”, além de encaminhar trechos do livro “O Sonho Realizado”, escrito pelo prefeito em 1998, e que conta a história da construção da ponte.

AS MAIS LIDAS