Redes Sociais

Política

Vereador quer permitir a entrada de animais de estimação em hospitais

Texto permite que animais de pequeno e médio porte poderão visitar pacientes internados

Publicado há

em

Reprodução/ SMCS/ arquivo

O vereador Paulo Pauléra (Progressistas) apresentou um Projeto de Lei que permite hospitais de Rio Preto a autorizar a entrada de animais de estimação de pequeno e médio porte para visitar pacientes internados. O parlamentar ressalta que a relação entre o homem e o animal tem influência positiva na saúde.

De acordo com o texto, os animais que poderão entrar em contato com os pacientes são cães, gatos, pássaros, coelhos, chinchilas, tartarugas e hamster. Outras espécies devem passar por avaliação do médico responsável pelo paciente para obter autorização para as visitas.

A proposta impõe critérios para os donos dos animais. É necessário estar com a vermifugação e vacinação em dia, além de higienizados, isentos de ectoparasitas e com laudo veterinário que ateste a boa condição física do animal.

A Comissão de Controle de Infecções de cada hospital deverá autorizar a entrada dos pets. Os animais deverão estar em recipiente, caixa de transporte ou com coleira, peitoral e guia e, se necessário, com uso adicional de focinheira.

Cada hospital deverá criar normas e procedimentos, além de organizar o tempo e o local de permanência dos animais com os pacientes. As visitas dos animais deverão ser agendadas previamente na administração de cada unidade, respeitando as solicitações médicas e os critérios estabelecidos.
Segundo Pauléra, hospitais dos Estados Unidos já permitem a entrada de animais de estimação.

“A proposta busca levar mais alegria e bem-estar aos pacientes, ajudando na recuperação. No Brasil, o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, o Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas e Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, em São Paulo, a Apae de Nova Iguaçu e a Casa Abrigo Betel, ambas no Rio de Janeiro, são exemplos de instituições que já permitem a entrada de animais dos pacientes para auxiliar na recuperação”, consta na justificativa.

“Não são poucos os estudos científicos que relacionam o animal de estimação com a melhora de crianças e adultos, seja de distúrbios do comportamento ou de doenças graves. Pesquisas mostram que animais de estimação trazem, de fato, benefícios para a saúde. Eles ajudam a baixar a pressão sanguínea e a ansiedade, assim como aumentam nossa imunidade”, completa o vereador.

O texto não tem data para ser votado em plenário.

AS MAIS LIDAS