GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Saúde

Rio Preto registra 32.744 casos de dengue em 304 dias

Uma média de 107,7 ocorrências positivas por dia. O mês com maior número de casos confirmados foi Abril, com 9.669. Outubro é o mês com menor incidência da doença, apenas 11 casos

19. Esse é o número de mortes em decorrência da dengue em Rio Preto, de acordo com dados do boletim epidemiológico mais recente da Secretaria de Saúde, publicado no dia 31 de Outubro.

Ao todo, foram notificados 42.209 mil casos de dengue em 2019, desses, 32.744 se confirmaram. Uma média de 107,7 ocorrências positivas por dia. O mês com maior número de casos confirmados foi Abril, com 9.669. Outubro é o mês com menor incidência da doença, apenas 11 casos.

Em Julho o analista técnico Danilo Fernandes, 29 anos, pegou dengue. Depois de cinco dias com muita febre, dor de cabeça e mal estar recebeu o diagnóstico de dengue. “Acredito ter pego em casa, muitas pessoas do meu bairro também tiveram dengue na mesma época”, completa Danilo.

No período compreendido de Janeiro a 31 de Outubro, o ano de 2019, com 1.489.457 casos, é o terceiro com a maior notificação de dengue no Brasil desde o início da série histórica, em 1998, ficando atrás somente de 2015, com 1,68 milhão de casos confirmados e 2016, com 1,5 milhão.

Entre as possíveis causas para o avanço da dengue está a volta de um sorotipo da doença que há anos não circulava no Brasil, conforme destacou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

“Tivemos a reentrada do sorotipo 2, há dois anos, e no ano passado isso fez um estrago muito grande no estado de São Paulo, na região de Bauru. Depois a dengue reentrou por Goiás, Tocantins. Foi um número muito grande de casos, porque o sorotipo 2 havia muitos anos que não circulava no Brasil, então agora ele volta com força total”, disse o ministro.

Outros fatores que contribuem para o retorno da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypt concentram-se no aumento das chuvas em algumas regiões e também uma menor prevenção.

Por Da Redação em 07/11/2019 às 23:59
TerrasAlphaville