Saúde

Projeto humaniza atendimentos na Santa Casa de Rio Preto durante a pandemia

Iniciativa da ONG ImageMagica produz crachás humanizados para profissionais de saúde e realiza videochamadas entre pacientes e familiares

Pacientes internados nos hospitais durante a pandemia da covid-19 enfrentam mais um problema: o distanciamento de familiares e amigos em um momento tão difícil. Isso porque as visitas foram suspensas como forma de prevenir o contágio da doença.

Mas, para amenizar o isolamento durante a internação, a ONG ImageMagica, que utiliza a fotografia como ferramenta de humanização dentro de hospitais, teve a iniciativa de aproximar essas pessoas por meio de visitas virtuais na Santa Casa de Misericórdia de São José do Rio Preto.

Além de conduzir as videochamadas, o projeto Conexões do Cuidar, também auxilia na missão de humanizar o atendimento dos profissionais de saúde a partir de crachás de identificação: com uma foto que traz um sorriso e uma mensagem motivacional, o crachá proporciona conexão com o paciente e facilita a identificação entre os próprios profissionais paramentados com EPI’s.

O projeto, que já atuou em mais de 20 hospitais no Estado de São Paulo desde abril, chegou em São José do Rio Preto dia 28 de setembro e se estende até o final de outubro na Santa Casa de Misericórdia.

“Estamos muito felizes em receber este projeto em nosso hospital. Humanizar e acolher fazem parte dos pilares da Santa Casa Rio Preto”, comenta Dr. Nadim Cury, provedor da Santa Casa Rio Preto.

Com celulares esterilizados e utilizados exclusivamente para as videochamadas e para produção das fotos dos crachás, a equipe de educadores da ImageMagica é acompanhada pela equipe de enfermeiros e de psicólogos do hospital para agendar e realizar as ligações com pacientes que aceitam realizar a conexão.

“Após visitarmos alguns hospitais, vimos de perto o quão desolador é o isolamento dos pacientes, ao mesmo tempo em que é angustiante para as famílias que aguardam o boletim médico”, explica André François, fotógrafo e fundador da ONG, sobre como surgiu essa iniciativa.

Até o momento, o Conexões do Cuidar já beneficiou mais de 15 mil pessoas entre pacientes, familiares e profissionais de saúde.

 

Por Da Redação em 07/10/2020 14:20