Saúde

Rio Preto já testou 18% da população para detecção da Covid-19

Cidade é a 58ª entre municípios com mais de 100 mil habitantes em taxa de letalidade

Com uma taxa de 2,7% Rio Preto é a 58ª cidade entre municípios com mais de 100 mil habitantes em taxa letalidade do estado de São Paulo. Ao lado de Santos, Rio Preto é uma das que mais testam pacientes com algum tipo de estado gripal para que seja detectada a Covid-19. O índice de testagem é de 89%, ou seja, dos 97.800 pacientes atendidos até o momento 87.116 foram submetidos à testes, o que segundo o secretário de Saúde Aldenis Borim explica a quantidade de óbitos – 664 no total -  desde o início da pandemia, em março.

"O número de óbitos está diretamente ligado ao número de testados. O nosso é mais elevado porque nós testamos muitos. Quando o paciente vai à óbito nós sabemos se é covid, porque testamos todo mundo.Fazemos isso para que a população saiba quem tem covid. Muitos locais têm poucos óbitos porque não testam e não colocam covid como causa", explica Aldenis.

Para se ter ideia do que representa a grande quantidade de testes realizados em Rio Preto, dos 645 municípios do Estado de São Paulo, 67 estão com índice superior a 100 óbitos. Rio Preto é o 277 quando se analisa apenas a letalidade por covid-19.

"Bobagem falar que Rio Preto tem muito óbito, claro que tem, porque testamos muito. Não dá para comparar com cidades que testam muito menos que a gente. Nossa letalidade é baixa. Rio Preto testou 18% da sua população", diz o secretário.

A média móvel mantém forte tendência de queda. Do pico verificado no dia 1 de agosto com 291 registros positivos para a doença, nesta quinta-feira, dia 15, o número era de 141 casos em média.

A taxa de ocupação de leitos de UTI em Rio Preto também revela queda. Chegou a ser de 61% no dia 9 deste mês e atualmente é de 49%, redução de 12%. São 315 pacientes internados, sendo que 149 tem covid-19 (69 em UTI e 80 em enfermarias).

 

Por Da Redação em 17/10/2020 01:58