Saúde

Hospital de Base terá posto de telemedicina em Santa Fé do Sul

Projeto piloto que poderá ter enorme impacto na saúde da região Noroeste do Estado e servir de modelo para o Brasil

O Hospital de Base de Rio Preto e a Prefeitura de Santa Fé do Sul apresentaram, nesta quarta-feira (23), projeto piloto que poderá ter enorme impacto na saúde da região Noroeste do Estado e servir de modelo para o Brasil. A parceria entre hospital e prefeitura resulta na instalação de um posto avançado de telemedicina que vai permitir aos moradores do município terem consultas de acompanhamento com os médicos do HB através de vídeo.

O termo de compromisso para a concretização do projeto foi assinado, na manhã desta quarta-feira, pelo prefeito Evandro Mura e a diretora administrativa do Hospital de Base, Dra. Amália Tieco. “Este projeto vai facilitar ainda mais o acesso dos moradores de Santa Fé do Sul aos nossos médicos, sobretudo neste momento de pandemia. Temos certeza de que ele dará certo e iremos replicar em outras cidades de nossa região”, declarou a diretora do HB.

O prefeito Evandro Mura compartilha da mesma visão de Dra. Amália. “O posto irá auxiliar ainda mais a população diante da dificuldade de se deslocar para Rio Preto durante a pandemia. Temos a internet e tecnologia que possibilitam conectar pacientes, médicos e instituições de saúde com segurança, então devemos usá-las”, disse Mura.

Dra. Amália esteve na Prefeitura acompanhada de Robson Pádua, superintendente financeiro da Funfarme, fundação mantenedora do Hospital de Base, e de Fernando Augusto Prado Batista, gerente administrativo e de Projetos do HB.

Participaram também da cerimônia o vice-prefeito Fernando Benitez, as primeiras-damas Elaine Mura e Fernanda Benitez, a secretaria de Saúde Rosana Vassoler, a assessora parlamentar Mara Amaral, os vereadores Ronaldo Lima, Marcelo Favaleça, Terezinha Alcamim, Murilo Basi, José Rolemberg, Vaguinho Lopes e Leandro Magoga.

O posto de telemedicina será instalado no segundo semestre deste ano, possibilitando que o morador, com agendamento prévio, tenha consulta de acompanhamento com o médico através do computador dotado de câmera de vídeo. “Importante frisar que a primeira consulta continuará sendo presencial, no hospital, as posteriores, de acompanhamento, é que serão na modalidade telemedicina”, explica Fernando.

“Claro que, sempre que o médico avaliar ser necessária a consulta presencial, ele orientará o paciente para agendá-la. A prioridade sempre é oferecer o atendimento mais seguro e de melhor resolutividade”, completa o diretor do ambulatório.

Com este posto, os moradores não precisarão percorrer os 400 quilômetros (ida e volta) entre Santa Fé do Sul e Rio Preto que, somados à espera no ambulatório e consulta, demandam um dia inteiro. “Iremos oferecer a mesma assistência médica, proporcionando conforto e qualidade para estes milhares de pacientes”, afirma Dra. Amália.

O Ambulatório do Hospital de Base registra 7.500 agendamentos de consultas de moradores de Santa Fé do Sul, em média, por ano. O índice de falta de pacientes às consultas reforça a importância do posto de telemedicina. No ano passado, das consultas marcadas, em 16% os pacientes não compareceram.

No posto avançado, os moradores contarão com profissionais da área administrativa e técnicos de enfermagem do Hospital de Base e a infraestrutura necessária, como salas dotadas de computadores com câmeras. “Os técnicos de enfermagem darão toda assistência e auxiliarão o paciente até o momento de iniciar a consulta, que ocorrerá com toda a privacidade, somente entre médico e paciente”, explica Fernando.

A prefeitura cederá o espaço físico e o HB viabilizará o projeto através de seus profissionais e da tecnologia que permite a consulta on-line. Dra. Amália Tieco faz questão de ressaltar que o atendimento é permitido por lei e todas as atividades do posto de telemedicina funcionarão de acordo com as normas estabelecidas pelas autoridades de saúde e dos conselhos de classe dos profissionais que atuarão no local. 

As lideranças do Hospital de Base estão muito confiantes no sucesso do projeto. 

Por Da Redação em 23/06/2021 15:08