Redes Sociais

Saúde

Em Rio Preto, paciente faz cirurgia acordada para retirada de tumor cerebral

Durante o procedimento, a paciente mexeu as mãos e braços e descreveu figuras mostradas pelos médicos

Publicado há

em

Uma mulher de 52 anos passou por uma cirurgia no cérebro, no Austa Hospital de Rio Preto, e permaneceu acordada durante o procedimento, com o objetivo de evitar sequelas motoras e preservar os movimentos de braços e mãos, risco inerente a este tipo de procedimento.

A cirurgia, chamada de Awake (em inglês), foi realizada na última quinta-feira, 28. Para isso, a paciente mexeu as mãos e braços e descreveu figuras mostradas pelos médicos enquanto operavam o cérebro. Na manhã desta quarta-feira, 4 de maio, a paciente Sueli Vieira de Souza recebeu alta hospitalar e irá prosseguir com o tratamento em casa.

Este procedimento é indicado para pacientes que têm o tumor no lado direito do cérebro, área responsável pela fala ou a motricidade de braços e pernas. Para evitar que o ato cirúrgico resulte no comprometimento da fala ou dos movimentos, a equipe médica do Austa Hospital pede que a paciente mexa mãos e braços e fale o que vê para ter certeza de que não haverá sequelas.

“Esta cirurgia é um procedimento muito avançado, minimamente invasivo e que dá segurança a nós e ao paciente de que, ao tratar do tumor, não causaremos danos ao funcionamento do corpo”, ressalta Dr. Ricardo Caramanti, neurocirurgião oncológico do Austa Hospital.

Antes de iniciar a cirurgia, a paciente recebe anestesia geral, permanecendo desacordada durante o tempo pré-estabelecido pela equipe médica até o momento em que precisa ser desperta. Ela então recebe anestesia local, que atua somente na região da cabeça que está sendo operada, permitindo que movimento braços e mãos ao comando dos médicos.

“Não há qualquer desconforto à paciente, pois o cérebro não possui terminações nervosas de captação de dor, sendo possível fazer os testes e, em seguida, retirar o tumor sem riscos a ela”, explica o neurocirurgião do Austa Hospital.

“Felizmente, deu tudo certo e estou muito bem. Como eu esperava, foi uma cirurgia bem tranquila, realizada com muita segurança. Tinha confiança total na equipe e ela me correspondeu totalmente”, afirmou Sueli, minutos antes de deixar a instituição.

AS 10 MAIS LIDAS