Redes Sociais

Social

Cantor Daniel realiza tarde de autógrafos na livraria Saraiva do Riopreto Shopping

O cantor conta momentos marcantes, como a perda de João Paulo e a relação com o irmão mais velho

Publicado há

em

Em Daniel – Minha estrada, lançado pela Benvirá, o ídolo sertanejo revela acontecimentos marcantes tanto de sua vida pessoal como de sua carreira. Em um relato sincero ao jornalista Tom Cardoso, Daniel abre seu coração e mostra sua verdadeira essência. O cantor estará recebendo fãs na Saraiva Megastore do Riopreto Shopping, no dia 24 de julho, às 16h30. O evento será realizado dentro da loja da Saraiva e serão atendidos 100 fãs. A equipe da livraria distribuirá pulseirinhas para as 100 primeiras pessoas que passarem pela loja, a partir das 10h, do dia 24. 
 

Com trinta anos de carreira e mais de 13 milhões de discos vendidos, Daniel começou a arranhar seu primeiro violão aos 8 anos. Aos 12 anos, começou a dividir o palco com João Paulo, e por mais de 15 anos enfrentaram inúmeros desafios, um dos principais era por formarem uma dupla “café com leite” (composta por um negro e um branco). Além disso, eles tinham poucos recursos. Correram o interior de São Paulo em uma caminhonete abarrotada de instrumentos e se apresentaram, quase sem plateia, em muitos circos pelo caminho.
 
Um dos temas mais impactantes é a sua relação com o irmão mais velho, Gilmar, que sofreu uma paralisia cerebral no nascimento. Apesar das dificuldades com a fala, o irmão sempre gostou de música e, junto com o pai, foi um dos primeiros a notar o talento de Daniel para cantar. O carinho pelo irmão e as dificuldades que a família enfrentou são alguns dos motivos que levaram Daniel a apoiar e ajudar associações que cuidam de pessoas com deficiência física e mental. 

Por decisão do cantor sua porcentagem no livro será integralmente destinada à Federação Nacional das Apaes, já que é embaixador da instituição. Essa iniciativa vai beneficiar diretamente as 2.136 Apaes do Brasil ligadas à Federação, que não mede esforços para a melhoria dos atendimentos e estruturas das suas unidades. 

Daniel também conta em detalhes o momento mais difícil de sua vida: perder o parceiro João Paulo em um acidente automobilístico. “Eu caí em desespero. Nunca tinha sentido nada parecido na vida”, diz o cantor. A tristeza ao ouvir a notícia e a lembrança dos momentos seguintes chegam a emocionar. Daniel também relembra a vontade de abandonar a carreira e de nunca mais pisar em um palco, mas, com a ajuda da família, amigos e fãs, ele conseguiu construir uma das carreiras-solo de maior sucesso na música brasileira.

Ao decorrer das páginas, é possível reconhecer toda simplicidade e simpatia do cantor e ainda se surpreender com suas experiências. Entre as notícias mais curiosas, estão o relato do dia em que Daniel foi visitar uma de suas maiores fãs, Dona Mafalda, cuja casa está repleta de imagens e recordações do cantor; o modo como ele conheceu sua esposa e a lembrança de sua paixão por Eliana quando era menino e ela se apresentava com a banda A Patotinha.

AS 10 MAIS LIDAS