GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Política

Bastidores da política pelo jornalista Rubens Celso Cri

Confira as notícias nesta sexta-feira, dia 16 de agosto, da cena política de Rio Preto e do Brasil

CPI do Barulho

O pedido de instalação de uma CPI que pretende reaver o terreno do estádio Teixeirão para a Prefeitura vai dar o que falar. Ela foi protocolada pelo vereador Jean Dornellas e tem oito assinaturas. O vereador diz que a Lei que transferiu o terreno deu oito anos para que a obra fosse concluída. Caso contrário, o estádio seria revertido para o município. Não acabou até hoje. A Lei é do ex-prefeito Wilson Romano Callil, em 1975.

Está sendo leiloada

A Justiça do Trabalho decidiu penhorar e leiloar o terreno por causa de uma dívida trabalhista do clube. Está sendo leiloado por R$ 25 milhões. Dornellas diz que vale R$ 120 milhões.

A salvação

A instalação da CPI do América pretende impedir a transação. O vereador diz que o município não geriu o América, não fez nada errado e não pode perder a área. “Quem não soube administrar, fez as dívidas, que arque com elas”. A CPI vai pedir que um perito faça a averiguação. A CPI, afirma, não pretende acabar com o América, mas preservar um patrimônio que o próprio América vai poder desfrutar por meio de convênio. “Do jeito que está, vai para um particular e todos perdem”.

No silêncio

O ex-deputado estadual Orlando Bolçone diz que o PSB (Partido Socialista Brasileiro) só vai se posicionar em relação às eleições do ano que vem depois de orientação da Executiva Nacional do partido, ainda sem data. Ele não sabe se o PSB terá candidato a prefeito em Rio Preto no ano que vem e afirma que não fala com o ex-prefeito Valdomiro Lopes da Silva há 2 meses. Bolçone administra a liberação das Emendas impositivas que aprovou para ter a certeza de que todas serão liberadas. O prazo final é dezembro. São R$ 8 milhões. Algumas foram liberadas, mas nem todas.

O PSL vem para disputa

O PSL, do presidente Bolsonaro, que em Rio preto é dirigido pelo médico Paulo Bassam disse que o partido vai ter candidatura própria em 2020 para a prefeitura. Mas o partido ainda não sabe quem será, embora haja filiados dispostos a ir à luta. Admitiu, no entanto, que será uma candidatura de uma pessoa idônea, segundo ele, e fora do espectro político.

Dia de filiação

O PSL realiza neste sábado, dia 17, o Dia Nacional de Filiação. Na verdade, ela já pode ser feita na página do partido na Internet. Mas sábado haverá uma ação simbólica, na sede do partido em Rio Preto, na Avenida Antônio José Martins Filho, entre 9h e 15h. Paulo Bassam diz que o partido tem mais 1.200 filiados na cidade e está crescendo.

O office boy, o cheque e a mala

Na última sessão na Câmara o vereador Anderson Branco (PL) lembrou seu tempo de guardinha da Arpron em que foi office boy no próprio Legislativo. Disse que o presidente era o Fuad Elias e que ele trocava cheques. Não disse para quem, mas insinuou agiotagem. Fuad foi acusado pela ex-mulher de dividir uma mala de U$$ 100 mil entre ele e outros vereadores na sala da própria casa. O escândalo foi longe. Branco disse que tinha medo de entrar no gabinete do ex-vereador Caio Urbinati. Peixão confidenciou para todo mundo na sessão que a sala do Caio era “macabra”, sem maiores explicações.

Por Rubens Celso Cri em 16/08/2019 às 14:30
TerrasAlphaville