Redes Sociais

Política

Câmara de Rio Preto rejeita colocar Semana LGBTQIA+ no calendário oficial

Foi a terceira derrota que uma proposta voltada para a comunidade é rejeitada pelos mesmos vereadores

Publicado há

em

Mais uma vez a Câmara Municipal de Rio Preto dá demonstração de homofobia ao rejeitar projeto que colocaria no Calendário Oficial do Município de a “Semana da Diversidade LGBTQIA+”, de autoria do professor Elson Drigo (Psol), do Ibilce. 

Ele fez a proposta quando ocupou a cadeira como suplente do vereador João Paulo Rillo (Psol).

Os vereadores conservadores deram o sinal de que o projeto não passaria quando Anderson Branco (PL) pediu votação nominal. Nela, cada vereador tem que se expressar em voz alta sobre sua posição. 

Esta é a terceira vez que uma proposta a favor da criação de uma legislação que contemple a comunidade LGBT é barrada por este grupo de vereadores. No caso, era apenas para colocar a semana que acontece a passeata LGBTQI+ fosse colocada no calendário oficial. 

A primeira grande rejeição à comunidade foi dada no ano passado quando o mesmo grupo rejeitou a criação do Conselho de Diversidade Sexual que foi proposto pelo prefeito Edinho Araújo (MDB).

Mesmo que alguns vereadores tenham mudado o voto, a proposta foi derrotada por um voto. Foi 8 a 7 pela rejeição. 

Votaram contra 

Jean Charles Serbeto (MDB)
Odélio Chaves (PP)
Bruno Moura (PSDB)
Cabo Júlio (PSD)
Karina Caroline (Republicanos)
Robson Ricci (Republicanos)
Anderson Branco (PL)
Rossini Diniz  (PL) 

Favoráveis 

Renato Pupo (PSDB)
João Paulo Rillo (Psol)
Paulo Pauléra (PP)
Bruno Marinho (Patriota)
Cláudia de Giuli (MDB)
Luiz Celso Peixão (MDB) 
Jorge Menezes (PSD) 

Ausente 
Francisco Júnior (União Brasil)

AS 10 MAIS LIDAS