Redes Sociais

Cidades

Bispo de Rio Preto lava os pés de adolescentes da Fundação Casa

Dom Antonio Emidio Vilar visitou unidades de Rio Preto e Mirassol

Publicado há

em

O bispo diocesano de Rio Preto, Dom Antonio Emidio Vilar, lavou os pés de adolescentes infratores da Fundação Casa, nesta quarta-feira (13). Ontem ele fez o ato na unidade de Mirassol.

Dom Vilar tem especial predileção pelos jovens. Salesiano de Dom Bosco, o religioso acredita (assim como seu “pai espiritual”) que “a juventude é a porção mais delicada e preciosa da sociedade humana”.

A Pastoral do Menor, organismo ligado à Igreja Católica Apostólica Romana, mantém trabalhos sistematizados com as populações mais vulneráveis e, em especial, com aqueles que estão sob medidas restritivas. O coordenador do grupo, Mário de Oliveira, e o assessor eclesiástico da Equipe, padre Antônio Valdecir Dezidério, acompanharam o bispo.

Na ocasião, o bispo não realizou a celebração eucarística, mas partilhou de mensagens bíblicas.

Segundo o Boletim Estatístico Diário da Fundação Casa, posição em 1 de abril de 2022 (10h15), 2.197 adolescentes (46,64% do total) cumprem medidas por atos infracionais ligados ao tráfico de drogas.

1.591 (33,77%) sofrem sanções pela prática de roubo qualificado. Na terceira posição da estatística está o roubo simples (169 adolescentes ou 3,59% do total).

Meninos (95,88% dos adolescentes em atendimento), na faixa etária dos 17 anos (1640 casos) e que se declaram pardo (57,31% do total) constituem o “rosto” predominante na Fundação Casa. Do geral, a maioria está no Ciclo II do Ensino Fundamental (2204).

A Pastoral do Menor é um serviço da Igreja do Brasil junto às crianças e adolescentes empobrecidos. Ela teve suas origens no ano de 1977 e desde então vem buscando percorrer caminho cada vez mais facilitador de sua missão.

(com informações do site da Pastoral do Menor de Franca).

AS 10 MAIS LIDAS